A revolução da colaboração em massa

A revolução causada pela colaboração em massa nas comunidades, nas pessoas e nas empresas, graças ao fato da internet se tornar acessível, a cada dia, há um número maior de usuários no mundo todo, disponibilizando conhecimento e tecnologia e capacitando esses usuários a fazerem parte do movimento da colaboração em massa.

A Web 2.0 dá condição ao usuário de participar, interagir e influenciar o mercado a sua volta, e as empresas tem sentido esse impacto e por isso estão repensando suas estratégias, quebrando paradigmas e aderindo ao fenômeno denominado Wikinomics (TAPSCOTT[1], 2007).

Ferramentas como blogs, wikis e redes sociais levam o usuário a dominar a comunicação em massa, atingindo o status de formador de opinião, ameaçando produtos e empresas estabelecidas no mercado.

Com o Linux e mais recentemente a Wikipédia, constatamos a força das comunidades online que não param de crescer e como as pessoas se reúnem em torno de projetos, buscando soluções sofisticadas e eficientes, mostrando a extensão que pode ser alcançada com a colaboração em massa.

Com essa mudança no comportamento das pessoas que chegam as empresas, surgiu o local de trabalho wiki, propiciando aos funcionários um local menos burocrático, facilitando o aprendizado e desenvolvimento de projetos utilizando a colaboração em massa como força motriz.

O texto acima faz parte de um trabalho acadêmico que fiz nesse período na faculdade, abordando a colaboração em massa, para ler o trabalho na íntegra clique aqui.

Quer conhecer a técnica que usei para ganhar R$ 1.091,80 em menos de 48 horas?

Gustavo Freitas

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

Website: http://gfsolucoes.net

    Deixe uma resposta