Como jogar poker melhor

O poker não era tão popular como é hoje se você voltar 20 anos no tempo. Em 1995 o esporte era um gênero extremamente de nicho – até que mais ou menos três coisas aconteceram: a maior transmissão de jogos na ESPN americana (que acabara de abrir o seu canal secundário), o filme Cartas na Mesa com Matt Damon e Edward Norton e o surgimento de vários sites de poker online.

Sendo assim, atualmente muitos recorrem ao poker como meio de matar o tempo ou até mesmo de fazê-lo como uma profissão.  Mas muitos têm dificuldade de superar o nível básico de jogo. Isso se dá por falta de treino, estudo teórico e, principalmente, por achar que o poker é um jogo no qual a sorte influencia o resultado de modo determinante. Engana-se quem pensa assim: a sorte é um fator a ser levado em conta, mas tanto quanto a sorte de um batedor de pênaltis e do goleiro em escolher o lado certo. De modo último, a habilidade de num jogador é o que determina um campeão no longo prazo. E o que seria habilidade? É o que vamos tentar ensinar aqui em alguns passos.

De toda forma, caso você não esteja familiarizado com algum conceito, há diversos tutoriais na internet para iniciantes. Recomendamos a leitura caso você se sinta perdido.

Deixe o mundo lá fora

Esta é a principal e primeira dica que qualquer jogador de poker que queira levar o jogo mais a sério tem que tomar como mandamento. Por ser um esporte mental e de concentração é essencial que o jogador esteja focado apenas nas cartas e não em sua vida particular – as emoções costumam atrapalhar aqui. Se você brigou com a namorada, muito provavelmente não estará num bom estado de espírito e pode entrar naquela situação “dane-se”, dando um all in tolo e perdendo tudo.

Controlar sua banca é tão importante quanto controlar suas cartas

Muitos pensam que o poker se trata apenas de vencer mais pots e nada mais. Engana-se totalmente quem pensa assim. Primeiramente, porque se você ganha 1 real em 10 pots e perde 40 em outro, você ganhou mais pots do que perdeu – mas perdeu mais dinheiro do que ganhou. Com efeito, é necessário que você associe suas apostas em função da probabilidade de vitória num pot. Se você tem 10% de chance de vencer um pot, não compensa investir mais do que 10% do valor total que ali já tem. O que nos leva ao próximo tópico.

Estude um pouco de matemática

O poker – especialmente em sua  versão Texas Hold´em – é um jogo de probabilidades matemáticas. Com efeito, você precisa conhecer um pouco das leis da probabilidade para que seu jogo fique melhor do que o de um leigo. As contas são fáceis quando realizadas de maneira bruta (e com um pouco de margem de erro). Por exemplo: se você precisa de uma carta de copas para fazer um flush e só falta o river (a última carta aberta), você pode supor que 25% das cartas do baralho sejam desse naipe – afinal, são quatro naipes e aleatoriamente divididos. Existem tabelas na internet para se estudar esse tipo de coisa.

corrida

Mente sã, corpo são – e vice versa

O poker é um esporte mental – a maioria das pessoas sabe disso. O máximo de músculos que usamos, além dos braços e das pernas mexendo quando ansiosos, é quando utilizamos os da face para a famosa poker face. Contudo, isso não quer dizer que não precisamos nos manter saudáveis para o jogo. Uma rotina balanceada de exercícios é essencial para algo bem simples: oxigenação do cérebro – o que é necessário para que você pense melhor. Então não pense que um jogador de poker pode negligenciar a saúde, ela é extremamente necessária para longos períodos de concentração.

Enfim, são quatro pequenas dicas que são mais principiológicas do que qualquer coisa. Mas é justamente dos princípios que temos que partir para que nosso jogo evolua. No caso do poker, um esporte tão mental, são dicas essenciais para que você atinja o próximo nível.

Quer conhecer a técnica que usei para ganhar R$ 1.091,80 em menos de 48 horas?

Gustavo Freitas

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

Website: http://gfsolucoes.net

    4 Comentários

    1. Olá Gustavo,
      Excelente artigo! Eu gosto muito de Poker e só não jogo mais por falta de tempo. Particularmente eu sou fã de Texas Hold’em e já cheguei a disputar algumas partidas online (ainda falta um pouco de coragem e tempo disponível para jogar mais “sério”, mas gosto da ideia).
      Abraço!

    2. Muito bom o artigo eu ultimamente alem de ganhar dinheiro com marketing digital tambem estou começando na area de bolsa esportiva apostando em jogos de futibol e isso e bem lucrativo

    Deixe uma resposta