Conheça o RockMelt: Navegador que integra redes sociais

Nota do Editor: Esse artigo pertencia ao blog Dominando a Web, que foi fechado e o Gabriel Meissner cedeu gentilmente os artigos para que sejam publicados no GF Soluções, por isso algumas referências a datas podem parecer divergentes. Aproveito para convidá-lo a conhecer o blog Revista Entre Mundos e o Twitter do Gabriel Meissner.

RockMelt foi lançado no domingo passado e já gerou bastante buzz na internet. Entrou inclusive dos Trending Topics mundiais do Twitter. Ganhei hoje acesso ao navegador, que ainda está em fase beta e com acesso restrito, e após pouco tempo de uso já deu para entender porque está sendo tão comentado nestes últimos dias. Sem dúvida, é um navegador excelente, que aproveita os pontos fortes de outros navegadores — especialmente os do Chrome — e adiciona outras boas idéias que lhe adicionam um atrativo especial. Abaixo vamos entender o que o RockMelt tem assim de tão interessante.

A premissa do RockMelt é integrar melhor a nevegação na web com o acesso a redes sociais. Uma frustração que sempre tive com o Firefox e o Chrome (meu navegador-padrão) é o fato de que nunca encontrei boas extensões para usar o Twitter e o Facebook. Já testei todas as extensões possíveis e imagináveis e nunca fiquei satisfeito com elas. O resultado é que assim não posso abrir mão de clientes desktop, como o Tweetdeck. Este navegador resolve isso tornando nativa a integração com estas duas redes sociais, portanto sem a necessidade de extensões, e com uma interface inteligente.

rockmelt, redes sociais, facebook, twitter

Basicamente, essa integração nativa é feita através de duas barras laterais, uma à esquerda e outra à direita do navegador. A da esquerda mostra os seus amigos no Facebook que estiverem online e disponíveis para bate-papo. A coluna da direita mostra ícones para você ler e postar na timeline do Twitter e do Facebook. Isso torna muito simples o acompanhamento do que os seus amigos, seguidos e seguidores estão postando online.

Falando nessa integração, para usar o RockMelt é necessário ter uma conta no Facebook. Ao abrir o navegador pela primeira vez, a primeira coisa que ele pede é que você se logue com a sua conta do Facebook. Após isso, ele funciona como qualquer outro navegador.

Adicionalmente, ao lado da barra de endereços, há o botão “Share”, que permite compartilhar facilmente no Facebook o conteúdo da página em que você estiver navegando. O ponto fraco aqui é este botão não ter o recurso de compartilhar também no Twitter. Acredito que corrijam esta limitação no futuro.

Algo que é facilmente notado é que estas barras laterais, embora pequenas, podem ser uma grande distração se você estiver usando o navegador para trabalhar. Mas este aparente “defeito” é rapidamente contornável com o comando Ctrl+Shift+Space, que faz estas barras sumirem e reaparecerem quando você desejar. Então, quando você for usá-lo para trabalho é só fazê-las sumir e, se for para diversão, fazê-las reaparecer.

Caso você seja atualmente usuário do Chrome, outra grande vantagem é que você pode instalar nele todas as extensões que já usa no navegador do Google. Isso porque o RockMelt é baseado no Chromium, projeto de código aberto do Google que é a base de ambos os navegadores. Por isso, toda extensão do Chrome pode ser usado no RockMelt.

Outra grande novidade que este novo navegador traz diz respeito às pesquisas no Google. À direita da barra de endereços, há o campo de busca. Ao digitar o seu termo de busca e clicar em enter, ao invés de você ser direcionado para a página do Google, será aberta uma janela flutuante com os resultados. Este recurso agiliza um pouco as buscas e elimina o inconveniente de sair da página original ou de abrir outra aba para fazer a sua pesquisa.

O navegador ainda possui alguns bugs, o que é justificável em se tratando de uma versão beta. O Rodrigo Guedin falou um pouco destas falhas no canal de tecnologia do Terra. Honestamente, acho que estes bugs não são relevantes o suficiente para deixar de usar o navegador. Apesar deles, ele funciona muito bem, obrigado.

Por enquanto, o RockMelt ainda não está disponível a todos os usuários. Para poder baixá-lo, você tem duas alternativas: 1) Receber um convite de alguém que já tenha acesso a ele; 2) entrar no site oficial e pedir acesso ao navegador. No meu caso, usei a segunda opção e levei dois dias para receber um link de download.

O RockMelt não é uma revolução em termos de navegadores, mas é uma evolução do que já existe. Basicamente, ele oferece tudo o que o Chrome já tem e mais um pouco, dando o passo natural de integrar melhor o navegador às principais redes sociais, o que deve se tornar uma tendência. Ainda é cedo para dizer se este navegador irá se popularizar ou se permanecerá restrito a um público early-adopter. Todavia, eu aposto na primeira opção e acredito que se tornará um concorrente de peso na acirrada disputa dos navegadores pela preferência dos usuários.

Abaixo, fique com o vídeo oficial de apresentação deste navegador.

Nota do Editor: O navegador já se encontra disponível para downloads sem a necessidade de convites.

Quer conhecer a técnica que usei para ganhar R$ 1.091,80 em menos de 48 horas?

Gustavo Freitas

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

Website: http://gfsolucoes.net

    0 Comentários

      • Valter,
        eu o utilizo muito, na verdade hoje é meu segundo navegador.
        recentemente eles lançaram uma versão mobile, que foi muito comentada no Twitter.
        abraço.

    1. Olá Gustavo, tudo bem!

      Estava meio sumido, muita correria. Parabéns a você e o Gabriel Meissner por esta excelente dica, já visitei o site e solicitei o meu navegador.

      Parece que é muito efetivo na integração das redes sociais.

      Abraços,

      Jan Carle

      • Jan Carle,
        seja bem-vindo novamente!
        Já estou utilizando o rockMelt e é excelente mesmo,
        abraço.

      • Jan, tenho certeza de que você vai adorar o RockMelt. Desde que escrevi este artigo, ele recebeu alguns upgrades que o tornaram ainda melhor!

    Deixe uma resposta