Conheça o software como serviço (SaaS)

O conceito de Software como Serviço, mais conhecido pela sua sigla em inglês (SaaS), ganha força nas grandes empresas, principalmente nesse último ano. A busca das empresas é por produtos que possam ser “alugados” em vez de comprados. Mas esse não é um objetivo somente para os grandes empresáros. As pequenas e médias empresas estão entrando de cabeça nessa idéia e você também pode usufruir desse novo conceito de software, e o melhor de tudo, de graça!

No anseio de conquistar clientes corporativos, as empresas de software tem criado ótimas aplicações e disponibilizado versões gratuitas para usuários domésticos, justamente no intuito de “treinar” os usuários em seus aplicativos web. Nesse artigo vou relacionar alguns ótimos serviços gratuitos dentro do conceito de SaaS.

Previsão do Gartner para o SaaS até 2012

Em 2012, pelo menos um terço das aplicações de negócios serão contratadas no modelo serviço, no lugar de licença de software. No modelo SaaS (software as a service), a companhia paga na proporção em que usa o programa. Essa é uma diferença fundamental em relação ao preço fixo de uma licença. Com o suporte de empresas como Oracle, SAP e Microsoft e de líderes da internet, como Google e Amazon, o modelo SaaS de desenvolvimento e distribuição vai crescer muito nos próximos cinco anos.

BuzzWord

No BuzzWord, além do editor de textos, ainda pode ser utilizado como sistema colaborativo, com várias pessoas trabalhando no mesmo documento. Algumas características:

  • Designer elegante
  • Empresa Adobe por trás do projeto
  • Editor de texto
  • Simples de usar

Google Docs

O Google Docs é certamente o mais conhecido e utilizado SaaS do mercado. Com a força do Google supõe que já possua mais de 100 mil usuários corporativos, isso sem contar os usuários domésticos. Algumas características:

  • Editor de textos
  • Planilhas
  • Apresentações
  • Formulários
  • Google por trás do projeto
  • Formulários

Blist

No Blist você encontra um banco de dados para criar e buscar registros. Ideal para pequenas empresas para cadastro de seus clientes, ou para usuários domésticos, relacionando informações e estatísticas. Algumas características:

  • Banco de dados
  • CRM
  • Modelos prontos para utilizações simples
  • Widget para publicação em blogs

Microsoft Office Live Small Business

Com o Microsoft Office Live Small Business você pode compartilhar documentos, construir um website e gerenciar contatos. O básico é free. Algumas características:

  • Colaboração entre colegas de trabalho, escola e clientes
  • Marketing por e-mail
  • Publicidade de produtos
  • Gerenciar projetos
  • Aplicações empresariais

ThinkFree Online

Com o ThinkFree Online você economiza a compra de um pacote office, pois ele é totalmente compatível com o pacote da Microsoft. Algumas características:

  • Suíte de aplicativos de escritório baseada na web
  • Editor de texto
  • Planilha
  • Apresentações
  • Compatibilidade com pacote Microsoft Office
  • Compartilhar arquivos
  • Integração com postagens em blogs

Zoho Show 2.0

O Zoho Show é um serviço de apresentações na Web. Os slides podem ser transmitidos e coordenados em tempo real, para várias pessoas em lugares diferentes. Algumas características:

  • Acesso de qualquer lugar, a qualquer hora
  • Compartilhamento e colaboração
  • Apresentação remota para qualquer lugar do mundo
  • Compatibilidade com publicação em blogs
  • Totalmente grátis para uso pessoal

Assista ao vídeo que demonstra as principais funções do serviço (em inglês).

Conhece mais algum SaaS gratuito? Indique nos comentários!

Quer aprender como ganhar dinheiro na internet com conteúdo gratuito?

Gustavo Freitas

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

Website: http://gfsolucoes.net

    0 Comentários

    1. Ricardo

      Como se classificaria os custos desse sistema, porque em um sistema local as vezes precisa de cd’s, a locomoção de um técnico até o local para a instalação e manutenção.

    2. Priscila,
      não sao a mesma coisa.

      O ASP é um software que fica armazenado fora do ambiente da Empresa, em um datacenter.

      Esse software pode ser desenvolvido in-house ou por outra Empresa (third party).

      Se houvessem 3 Empresas, haveriam 3 “instalacoes” desse software em um Datacenter, cada uma dessas 3 instalacoes customizadas de maneira diferente.

      ASP:
      3 Empresas = 3 Aplicacoes = 3 DBs

      A — APP — DB

      B — APP — DB

      C — APP — DB

      O SaaS normalmente é um software desenvolvido para ser usado de forma compartilhada na Internet. Não é exatamente uma arquitetura “cliente-servidor” como o ASP.

      É desenvolvido e usado pela Web, com os recursos da Web 2.0.

      Nesse exemplo de 3 Empresas, seria uma única aplicacao e dependendo da arquitetura uma única database também.

      3 Empresas = 1 Aplicacao = 1 DB

      A — |

      B — | — APP — DB

      C — |

      Ou seja, todas as Empresas rodam a mesma versão do software e sempre a mais recente.

      A customização é de outra ordem e possível para as 3 Empresas.

      Esse modelo reduz significativamente os custos de manutenção e a velocidade dos updates.

      Em resumo, o APP significa mais jogar a aplicação pra outro lugar. O SaaS está mais relacionado em compartilhar e divdir usando a Internet.

    3. Priscila

      Estou pesquisando o assunto a verifiquei no mercado que há muitas dúvidas sobre as diferenças entre o modelo ASP (Application Service Provider) e o SaaS. Gostaria de saber na verdade se são a mesma coisa.

    Deixe uma resposta