Formspring.me: o que é e como usá-lo | Tutorial

Nota do Editor: Esse artigo pertencia ao blog Dominando a Web, que foi fechado e o Gabriel Meissner cedeu gentilmente os artigos para que sejam publicados no GF Soluções, por isso algumas referências a datas podem parecer divergentes.

Aproveito para convidá-lo a conhecer o blog Revista Entre Mundos e o Twitter do Gabriel Meissner.

Nesta semana, tem-se falado muito no Twitter sobre o Formspring, uma nova rede social para fazer e responder perguntas uns aos outros. O negócio virou febre e, tal qual aconteceu com o Twitter no começo, muitas críticas têm sido feitas ao serviço, como sendo um desperdício de tempo ou só uma brincadeira narcisística. Mas será que o Formspring pode ser útil para alguma coisa, afinal? E como você pode tirar o melhor proveito dele? Vamos responder a estas perguntas ao longo deste post.

Afinal, o que é o Formspring e como ele funciona?

A idéia do serviço é mega simples. Você cria um perfil no site e aí as pessoas podem começar a te fazer qualquer tipo de perguntas para você responder. As suas respostas aparecem no seu perfil e qualquer pessoa pode ler, assim como você pode ler as respostas de outras pessoas às perguntas que foram feitas a elas.

O Formspring  permite que você faça perguntas se identificando ou anônimas. Mas as perguntas que te fizerem só vão aparecer no seu perfil público depois que você responder e permitir. Isso é importante porque você pode apagar perguntas que forem inconvenientes. Assim você mantém o controle sobre a sua privacidade e impede que trolls fiquem te azucrinando.

Para que serve o Formspring? Que benefícios posso obter dele?

A utilidade do Formspring será cada usuário que irá criar, assim como os seus benefícios. À princípio, pode ser só uma brincadeira para as pessoas bisbilhotarem a sua vida (e você as dos outros) e para você deixar que elas as façam até o ponto que você permitir. Afinal, sejamos sinceros, todos somos curiosos e gostamos de saber sobre a vida dos outros, nem que seja só um pouquinho.

Mas o site tem potencial para muito mais e com certeza usuários criativos conseguirão pensar em usos melhores e mais proveitosos.

Por exemplo, se você for expert em alguma área de conhecimento, poderá usá-lo como um canal para disseminar a sua expertise e consolidar a sua imagem de especialista no assunto. É o que tem feito o Interney (fundador do Interney Blogs e da agência Pólvora! Comunicação). No seu perfil, muita gente têm enviado perguntas com dúvidas sobre empreendedorismo na web e ele tem ajudado essas pessoas dando dicas valiosas.

Outro uso, este para blogueiros, é transformar sua conta em uma extensão do seu blog. O blog Moda para Homens está utilizando o seu perfil no Formspring para responder dúvidas sobre moda masculina. Qual é o benefício que eles tiram disso? Eu vejo três: 1) as dúvidas respondidas podem se transformar em novos posts (todo blogueiro sabe como precisamos constantemente de estímulos para pensar em novos artigos); 2) fortalece seu relacionamento com seus leitores atuais; 3)amplia o seu público, conquistando novos leitores (eu, por exemplo, conheci o blog através do Formspring ).

Estes são apenas dois usos possíveis para o Formspring. Sem dúvida, há muitos outros.

formspring, redes sociais, web 2.0

Formspring passo-a-passo

Essa parte do post vai te dar todas as instruções que você precisa para começar a usar o Formspring com facilidade! Será útil principalmente para os que não falam inglês.

Passo 1: Criando uma conta

Acesse o site: http://formspring.me. Se você tem uma conta no Facebook, clique em Login with facebook. Caso contrário, clique em sign up now. Na tela seguinte, insira seus dados. Em Username, escreva o seu nome do usuário (por exemplo, o meu é gabrielmeissner). Em password, escreva a sua senha. Em confirm password, escreva sua senha novamente (isso serve para evitar erros). Em name, escreva o seu nome. Em e-mail, escreva o seu e-mail. Selecione a opção “I agree to the Terms of Service”.
Clique em Continue. Na tela seguinte, há mais alguns dados opcionais para você incluir. Você pode deixá-los em branco, se preferir. São eles:

  • Website –> endereço do seu site ou blog (ou qualquer outro site que você queira, como o seu perfil no Orkut, Facebook etc.).
  • Location –> a cidade em que você mora
  • Bio –> espaço para você escrever uma curta descrição de si mesmo
  • Photo –> aí você pode fazer o upload de uma foto sua

Agora, clique em Finish. Pronto, sua conta está criada!

Agora, uma nova tela irá aparecer e três perguntas automáticas vão surgir. Você pode respondê-las agora ou depois, para já começar o seu perfil com respostas interessantes para os outros lerem sobre você.

Passo 2: Configurando sua conta

Clique em Settings. Você agora verá as informações que já incluiu no momento em que criou sua conta. Você pode alterá-las, se quiser. Ao final da página, há um campo com o título What do you want to ask? Dentro do campo está escrito “ask me anything“, que significa “pergunte-me qualquer coisa”. Você pode mudar esta frase, tanto para a tradução que indiquei, como para qualquer outra coisa que você queira. Se você for um expert em nutrição, por exemplo, poderia escrever algo como “tire suas dúvidas sobre alimentação saudável” e assim as pessoas saberiam sobre que tipo de informação você está disposto a compartilhar.

Ainda dentro de Settings, você pode clicar em Design. Ali, você pode selecionar um dos 12 temas de cores disponíveis para o seu perfil. Em background image, você também pode fazer o upload de uma imagem do seu computador para usar de tema.

Agora, clique em Services. Nesta tela você poderá integrar o Formspring a outras redes sociais: Tumblr, Twitter, Blogger e Facebook. Por exemplo, ao lado de Twitter, você pode clicar em configure e, em seguida, em sign in with Twitter. Isso o levará a uma tela que pedirá que você preencha o seu nome de usuário e senha do twitter. Faça isso e clique emsign in. A tela seguinte pedirá permissão para você integrar as duas contas. Para permitir, clique em Allow. Pronto, as agora contas estão integradas.

Se você tem um blog ou site, clique em widgets. Ali, você pode copiar o código fornecido para inserir uma caixa do Formspring no seu blog. Assim, seus visitantes poderão te fazer perguntas no Formspring diretamente do seu blog.

Se você algum dia não quiser mais ter uma conta do Formspring, clique em Disable Account. Na tela seguinte, clique em Yes, Disable My Account. Pronto, sua conta foi deletada.

Passo 3: Procurando e seguindo amigos

Agora você irá querer encontrar e seguir os seus amigos, da mesma forma que faz no Twitter, certo? Para isso, clique em Find People. Escreva o nome da pessoa que está procurando e clique em search. Por exemplo, se escrever “Gabriel Meissner”, você me encontrará lá! Ao encontrar a pessoa que você quer seguir, aparecerá a foto dela, com um ícone escrito +follow ao lado. Clique neste ícone para começar a segui-la.

Agora, clique em Following. Aparecerá uma tela em que você verá as últimas perguntas e respostas de todas as pessoas que você segue. Você pode usar esta tela para acompanhar o que elas têm escrito. Mas você também pode clicar na foto de um dos seus amigos. Neste caso, você será direcionado para o perfil desta pessoa e lá irá ler somente as perguntas e respostas dele, ao invés de todos os seus amigos.

Passo 4: fazendo perguntas

Clique em Following. Você verá uma tela aonde aparecerão as pessoas que você segue. Clique na pessoa para quem você deseja fazer uma pergunta. Isso a direcionará para o perfil dela. No campo Ask me anything, você pode escrever a sua pergunta. Se você quiser se identificar, selecione Include Your User Info. Se quiser fazer uma pergunta anônima, selecione Ask Anonymously. Clique em Send, para enviar a sua pergunta. Agora, quando o seu amigo entrar novamente no Formspring, verá a pergunta feita e, se desejar, irá respondê-la.

Passo 5: respondendo perguntas

Clique em Inbox. Ali irão aparecer as últimas perguntas que te foram feitas. Passe o mouse em cima da pergunta e irão aparecer à direita duas opções, Deletee Respond. Clique na primeira para apagar a pergunta ou na segunda para respondê-la.

Ao clicar em Respond, surgirá uma tela com uma caixa de texto para você escrever a sua resposta. Abaixo da caixa, estará escrito also post to e os nomes dos serviços que você integrou à sua conta no Formspring. Se você selecionar, por exemplo, o Twitter, a sua resposta será postada também lá. Para enviar a resposta, clique em Save.

Pronto, agora você já sabe tudo o que precisava para começar a usar o Formspring!

Funcionalidades que faltam no Formspring

O Formspring ainda está em desenvolvimento e novas funcionalidades provavelmente serão adicionadas a ele com o tempo. Os usuários do site podem fazer sugestões e reclamações clicando na aba feedback que aparece à esquerda da tela. Clicando nesta aba, aparece uma tela em que você terá 4 opções de ação: 1) Idea (é aqui que você pode enviar suas sugestões); 2)Question (para enviar suas dúvidas); 3) Problem (informar algum problema que está tendo) e 4)Praise(enviar um elogio aos administradores). O interessante é que, ao clicar em Idea, além de escrever sua sugestão, você também poderá votar nas sugestões de outras pessoas, o que aumenta a probabilidade delas serem implementadas.

Há duas funcionalidades que acho importante adicionarem logo e que, de tão básicas que são, me espanto de não estarem presentes já na primeira versão do Formspring. A primeira delas é melhorar a maneira de encontrar outros usuários na rede. Em outros serviços, como o Twitter, você tem a opção de identificar que contatos seus do Gmail, Yahoo! e AOL já fazem parte do microblog. O Formspring não oferece este serviço e isso dificulta muito encontrar as pessoas que você quer seguir, questionar, ler etc.

A segunda funcionalidade que sinto falta é poder visualizar, entre as pessoas que eu sigo, quem elas seguem, o que é útil tanto para encontrar pessoas que você já conhece, como para descobrir outras pessoas para seguir. Afinal, geralmente, pessoas interessantes seguem outras pessoas interessantes.

O Formspring tem futuro ou será só uma modinha do momento?

Obviamente, ninguém sabe disso ainda. Mas eu diria que é uma rede com grande potencial de crescimento. Quando o Twitter surgiu, também parecia que seria apenas uma moda passageira, mas se transformou em um fenômeno da web. Acredito que o mesmo possa acontecer com o Formspring, desde que ele adicione as funcionalidades que estão faltando e tome realmente as características de uma rede social. Do jeito que está, ainda impõe muitas dificuldades para a interação entre os usuários e isso pode fazer o serviço naufragar e não durar mais um mês.

Existem serviços parecidos?

Apesar de tão novo, já há um clone brasileiro, o Me Pergunta?. O serviço é idêntico (cópia mesmo), só que em português.

E agora, o que eu faço?

Agora que você já sabe tudo sobre o Formspring, pode acessar o meu perfil e começar a me fazer perguntas!

Quer conhecer a técnica que usei para ganhar R$ 1.091,80 em menos de 48 horas?

Gustavo Freitas

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

Website: http://gfsolucoes.net

    2 Comentários

    1. Quando conheci o forms achei interessante pela facilidade de interação e espaço de perguntas e respostas que acabam ajudando a conhecer melhor pessoas. Entretanto, ao observar o uso da nova rede pela minha filha de 13 anos, sentir que, para o uso dos jovens, é preciso que os pais dediquem uma atenção maior, pois encontrei, no perfil de minha filha, perguntas feita por anônimos, tipo: numero do celular, endereço, aonde mora, nome da rua que mora e etc. Em dias como, os nossos, é preciso ter precaução e muita atenção para os interesses outros. Muito bom Gustavo o seu trabalho. Parabéns pela dedicação.

      forte abraço.

      • Josival,
        tudo que envolve crianças e adolescentes na internet deve ser monitorado pelos responsáveis. Não recomendo a utilização desse tipo de aplicativo para pessoas responderem a perguntas pessoais. Outra dica é não aceitar perguntas anônimas.
        abraço.

    Deixe uma resposta