Google e Biblioteca Britânica firmam acordo para digitalizar 250 mil textos

O Google e a Biblioteca Britânica (The British Library) firmaram um acordo para que o Google possa digitalizar 250 mil textos produzidos entre 1700 e 1870. O material digitalizado estará disponível tanto no site da Biblioteca como no Google Books.

O projeto está apenas no começo e levará anos para ser concluído, de acordo com a BBC. Isso possibilitará que milhões de pessoas, ao redor do mundo, possam ter acesso a documentos para visualizar, pesquisar e copiar as obras sem direitos autorais.

biblioteca britanica e google

O Google possui parceria semelhante com cerca de 40 bibliotecas pelo mundo, mas nenhuma com a grandeza da British Library, que possui 14 milhões de livros, 920 mil jornais e periódicos, 58 mihões de patentes, 3 milhões de gravações de som e muito mais, segundo o site oficial da Biblioteca. Ela recebe em torno de um milhão de visitantes por ano.

E você, o que acha desse tipo de notícia? É a democratização do conhecimento? Ou acha que nada muda com atitudes como essa? Eu acredito que é muito válido e que deve acontecer mais iniciativas nesse sentido, principalmente na Língua Portuguesa. Deixe sua opinião nos comentários.

Crédito da imagem: wikipédia.org

Quer aprender como ganhar dinheiro na internet com conteúdo gratuito?

Gustavo Freitas

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

Website: http://gfsolucoes.net

    0 Comentários

    1. Olá Gustavo,

      Acredito que a atitude é válida sim! Repassar conhecimento nunca é demais! 😉

      Claro que os livros em questão (pelas datas) irão interessar um grupo de leitores bem específico, mas ainda sim, acho válido a iniciativa e espero que obras de gosto mais “popular” também acabem passando pelo mesmo processo!

      Parabéns pelo texto e pela inciativa divulgando o mesmo!

      • Tico,
        obrigado pelo comentário.
        Espero que aconteça mesmo de obras mais populares serem digitalizadas também,
        abraço.

    Deixe uma resposta