Mude a blogosfera com seus comentários

Talvez você não tenha noção do poder que sua escrita tem, mas eu posso lhe afirmar, seu comentário pode mudar a blogosfera .

Nesse artigo irei lhe mostrar esse poder e como utilizá-lo.

O artigo não tem o intuito de angariar mais comentários para meus textos, mas sim chamar a sua atenção para a participação na formação do conceito chamado blogosfera.

Um novo conceito

A blogosfera, num conceito simples, é a união de todos os blogs do mundo. Ela está inserido em um conceito ainda maior chamado Web 2.0, onde você produz, ou participa ativamente na produção do conteúdo publicado.

Minha experiência com leitura de blogs pode ser considerada recente (Fevereiro de 2008), mas sempre que leio um artigo sobre blogosfera, web 2.0 ou qualquer outro título relacionado sempre é abordado um fato, a qualidade dos textos produzidos. Geralmente as opiniões são unânimes, alguns textos não deveriam ser publicados, mas o são, é a liberdade da Web 2.0. Será!?

Mude a Web 2.0 com seu comentário

A Web 2.0 está sendo moldada, é um conceito novo e pode evoluir para algo melhor ou pior do que temos atualmente. Eu e você podemos, ou não, participar desse processo de evolução. Como? Com o poder que nos é outorgado (desculpem, não resisti) pelo espaço democrático dos comentários. Você pode, e deve, mudar a Web 2.0 com seu comentário.

Achou o assunto do texto interessante, então revele isso ao autor, isso o estimulará a pesquisar ainda mais na busca por assuntos ainda mais interessantes. Não achou interessante, expresse também sua opinião (com cortesia e educação), dê dicas de assuntos interessantes para um texto futuro. Participe, produza conteúdo nos comentários, faça a Web 2.0 evoluir.

Achou que o texto foi bem escrito, elogie! Conhece o assunto, enriqueça a leitura dos próximos leitores com um pouco do seu conhecimento, faça a Web 2.0 evoluir. O texto foi mal escrito, o português foi assassinado com requintes de crueldade? Mostre ao autor sua indignação (com cortesia e educação, nunca se esqueça disso). Se não concorda com o que está escrito deixe transparecer nos comentários.

O formulário de comentário é uma ferramenta “democrática” que você possuí para construir uma Web 2.0 de qualidade. Se você não a utilizar estará concordando com o nível de textos deprimentes que encontramos nela. Se é isso que você quer tudo bem, a escolha é sua. Mas depois não reclame da Web 2.0, blogosfera ou o que mais surgir no futuro.

Quer conhecer a técnica que usei para ganhar R$ 1.091,80 em menos de 48 horas?

Gustavo Freitas

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

Website: http://gfsolucoes.net

    0 Comentários

    1. Olá Gustavo,

      Parabéns pelo texto!
      Acho que a interação que os comentários proporcionam podem realmente mudar a blogosfera. Se não mudá-la, pelo menos pode mudar opiniões, gerar aprendizado e evolução.

      Já escrevi sobre a interação nos blogs e comentários algumas vezes no meu blog, e o retorno dos leitores foi fantástico!

      Grande abraço.
      .-= Iúri publicou o artigo Comentários em Blogs – Devo Responder a Todos? =-.

      • Iúri,
        é isso que temos que fazer,
        “mudar opiniões, gerar aprendizado e evolução”, acredito que esse seja nosso papel como formadores de opinião,
        um abraço.

    2. Graça Filadelfo

      Olá Gustavo,

      Muito interessante a abordagem. Participo da blogosfera há um ano e já percebo a resistência de muita gente em registrar seus comentários. Por isso meus parabéns pela iniciativa de destacar este tema.

      Abraços,
      Graça Filadelfo

      • Graça,
        realmente é difícil, principalmente se não conhecemos o assunto, eu mesmo comento apenas em artigos que conheço o assunto e que percebo que posso acrescentar com minha opinião,
        um abraço.

    3. Olá Gustavo. Obrigada pelas dicas, muito interessantes 8excelentes a bem dizer) e pela esperança que transporta nas suas palavras. Não teria sentido este maravilhoso (e inquietante) mundo virtual se não tivessemos a capacidade de contribuir activamente para a mudança.

      popelina Escreveu um post sobre… National TV

    4. Olá, Gustavo!
      Eu sempre pensei muito no poder q temos c/ os nossos comentários.
      Eles são um “termômetro” p/ o autor se dar conta do q pode ser feito no seu blog, tentando aperfeiçoá-lo.
      Como vc disse, c/ educação podemos mostrar no q concorda ou discorda naquele post.
      Um abraço!
      Mary.

      Mary Miranda Escreveu um post sobre… Entre Letras e letras

    5. @Alessandro,
      obrigado pelo comentário sobre o meu espaço e conteúdo, isso me incentiva a continuar buscando o melhor para meus leitores,
      um abraço.

    6. @Luciana,
      é disso que estou falando, e você entendeu, temos que começar a mudar essa visão. Quanto a cultura, ela está em constante atualização, geralmente para pior, mas nós, formadores de opinião, podemos mudar isso,
      um abraço.

    7. Muito bom o seu post a respeito do conteúdo dos blogs e acerca dos comentários também. O que mais chateia um blogueiro é fazer um bom texto e receber coisas irrelevantes como, “caralho, que texto” ou “huahuahuahua”. Coisas desse tipo deveriam ser vetadas nos comentários. Seu espaço é muito interessante, esteticamente impecável e de conteúdos bastante significativos! Parabéns!

    8. Gustavo, primeiramente gostaria de agradecer o seu comentário no meu post de hoje “A Verdade sobre ter Quarenta Anos”. Acho que você realmente entendeu o que quis expor ao relatar sobre as mudanças pelas quais passamos ao avançar os anos. Obrigada! E quanto ao seu post sobre os comentários a textos relevantes, sinceramente, concordo com todas as suas argumentações. Precisamos, ou melhor, temos o dever, de comentar apenas coisas que são bem escritas, bem fundamentadas e que podem render uma continuação para o tema. Dispensaria em meu blog comentários como “valeu”, é isso aí” ou coisas do gênero. Mas, é uma questão de cultura, de histórico e de quem é o autor do comentário. Se começarmos a mudar essa visão, com certeza, teremos cada vez mais conteúdos interessantes nos blogs e comentários mais cuidadosos também. Beijos! Luciana

    9. @Margareth,
      Você usou a palavra correta, exercício. Exercitar é tudo. Só podemos opinar de algo que entendemos e só vamos entender se lermos e exercitarmos o aprendizado, acho que isso é o que falta na blogosfera, exercitar, sair da mesmice, do comodismo, e isso tem que começar pelos formadores de opinião, ou seja, nós blogueiros.
      um abraço.

    10. Já exercitando o que aprendi em seu artigo.
      Realmente, adoro receber comentários no meu blog, apesar de não receber muitos. É, como você diz, um incentivo para quem bloga.
      Acho que os brasileiros, de maneira geral, têm muita dificuldade em fazer comentários. Parece que temos receio de expor nossas idéias e emoções. Medo da crítica?!
      ABÇão.
      Margareth Duval

    11. Tenho certeza que você irá conseguir, pois capacidade para escrever e bem você já tem. O resto virá com o tempo,
      um abraço.

    12. @Rodrigo,
      concordo com você e aproveito para parabenizá-lo pois sempre encontro comentários que contribuem, tanto em meu blog quanto em outros que visito,
      um abraço.

    13. @João,
      obrigado pelo comentário, pessoas como você é que podem, e estão, tentando mudar o rumo da blogosfera,
      um abraço.

    14. Parabéns, Gustavo. Excelente artigo que toca num ponto importantíssimo. Os comentários funcionam como estímulo e também como um termômetro do que escrevemos. E eles é que diferenciam os blogs dos grandes veículos. Você pode falar diretamente para quem escreveu e receber esse feedback é muito gratificante.
      Abraços

      Rodrigo Piva Escreveu um post sobre… Mulheres: As Donas do Mundo!

    15. Olá, Gustavo

      Belo artigo. E extremamente útil não só para os blogueiros inciantes,mas também para os veteranos. De minha parte, tenho o hábito de comentar com elogios e críticas construtivas, se for o caso, os artigos que chamam minha atenção – e este foi um deles.
      Continue a nos brindar com posts do gênero. A leitura, pelo menos para mim, é saborosa.

      Grande abraço

    16. @Regina,
      continue assim, participando, contribuindo, compartilhando, isso é Web 2.0 e você pode dizer que tem feito sua parte,
      um abraço.

    17. Oi Gustavo!
      Começo elogiando o teu texto muito bem escrito e as dicas excelentes que você dá. Também comecei a ler blogs com assiduidade há pouco tempo, também em fevereiro de 2008 e tomo o cuidado para que a minha participação seja no sentido de contribuir e compartilhar.
      Um abraço.

    Deixe uma resposta