O futuro das aplicações e a computação nas nuvens

Esse artigo é um Guest Post escrito por Marcelo França. Ele trabalha com Tecnologia da Informação, com enfoque em análise e desenvolvimento de software. Ele escreve e administra o Último Click, onde você encontra dicas de tecnologia e entretenimento. Assine os feeds do Último click e fique por dentro do que rola de melhor em tecnologia.


Em meados de setembro de 2008, declarações de Richard Stallman sobre a computação nas nuvens trouxeram grandes questionamentos sobre o futuro da utilização desta técnica. Para quem não conhece “Computação em nuvem” ou “Cloud computing” é o modelo de desenvovimento onde as aplicações permanecem em servidores físicos ou virtuais sendo acessadas a apartir de uma rede, as aplicações na web como editores de texto ou planílhas são um exemplo prático deste modelo.

Computação nas Nuvens

Computação nas Nuvens

Empresas como Google e Zoho são um dos maiores exemplos de aplicação da computação em nuvem, ambos com vários aplicativos para escritorio disponibilizados online. Hoje em dia temos inúmeros sites com aplicações web realizando diversas tarefas como por exemplo: gerenciadores financeiros, bookmarks, calendários, conversão de vídeos, leitura de e-mails entre outras.

Veja este vídeo que fala além de outras coisas sobre “cloud computing”:

As declarações de Richard Stallman contrariam o rumo que estas grandes corporações vem tomando, segundo ele a utilização de aplicativos online é a “pior das burrices”, a cloud computing é uma forma de posteriormente fazer com que as pessoas tenham que comprar software proprietário. Ele ainda afirma que você tem que ter total controle sobre suas aplicações e informações, e usando software livre você não estaria colocando seu trabalho nas mãos de outra pessoa.

Richard Stallman

Fatores positivos e negativos
Estas afirmações abrem uma grande janela para discussões, vamos analisar os pontos:

À favor da computação em nuvem temos todo o crescimento das aplicações online resultando no que conhecemos atualmente de web 2.0. Milhões de pessoas armazenando suas fotos, arquivos pessoais e profissionais, emails, etc, tudo disponibilizado em servidores de forma que os usuários possam acessar estas ferramentas não necessitando dos respectivos aplicativos instalados em seu desktop. Um conforto que exige apenas uma conexão com internet confiável e de qualidade.

Como pontos contrários surgem as declarações de Stallman, trazendo questionamentos coerentes mas que antes não haviam sido mencionados com grande veemência. Realmente utilizar uma aplicação web, estar com seus arquivos pessoais armazenados em servidores, e em determinado momento ter o acesso a este conteúdo restrito pelas empresas não é nada agradável. Outro fator é a dependência de uma conexão com a internet para poder trabalhar, lembrando que as informações podem não estar em seu computador e somente nos servidores.

Conclusão
Sem dúvida são fatores que não podemos deixar de lado, tanto a herança do cloud computing quanto o acesso e controle das informações de forma irrestrita pelo usuário. Talvez como primeiras iniciativas para se encontrar uma solução seria começarmos a criar aplicações que integrem estes fatores e disponibilize uma situação mais confortável ao usuário. Este tipo de solução já é tomado por algumas empresas que estão levando o software livre para a computação nas nuvens, como por exemplo o Identi.ca, aplicativo similar ao Twitter mas criado sobre as condições de software livre.

E você qual a sua opinião? É possivel equilibrar os conceitos? Devemos nos preocupar com as declarações de Stallman ou seguir em frente com a computação nas nuvens? Deixe seu comentário!

Quer aprender como ganhar dinheiro na internet com conteúdo gratuito?

Gustavo Freitas

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

Website: http://gfsolucoes.net

    0 Comentários

    1. Muito bom o material. Minhas considerações são semelhantes e neste caso com todos. 1. a informação será virtual, caberá armazenar localmente o conhecimento sobre o assunto. 2. padrões de doc´s serão mais divulgados e implementados, simplesmente por ser padrão… lembro quando desenvolvia sistemas “na unha” hj posso utilizar frameworks, reutilizar códigos, sem falar dos livres que facilita um tanto apenas realinhando para minha necessidade. 3. a virtualização não é mais segredo, é óbvio e necessário para o nº (4). 4. Mobilidade, acessibilidade.. termos quase antigos em um sentido, mas estão mais vivos que nunca. …. o que acredito não é uma novidade… antigamente tinha os pc´s.. depois os servidores e terminais “burros”, depois um mix dos dois… veio a internet business… PDA com JIT… e-commerce… logo as empresas não terão servidores, tudo será via web acessado de qualquer coisa que pegue sinal.. tipo celular…

    2. Cloud Computing, e um caminho sem volta, mesmos com os desafios impostos pelo uso da tecnologia, o destino natural das empresas é usuário final e utilizar ferramentas é S.O. em nuvens, pois á cada dia mais informações são dispejadas através da internet, sem que haja qualquer questionamento sobre suas integridade, ou sua segurança, Stallman pode até ter razão em algum ponto de sua opinião mas, que a computaçã em nuvem vai se tornar comum isso ela vai.

    3. Obrigado pelo comentário, sim gostei demais do seu artigo, muito bom, não tinha como descartar, está ótimo seu trabalho aqui no site.
      Obrigado pela visita no Blog.

      Vamos manter contato.
      Abraços.

    4. Sim brother Marcelo França, é possível equilibrar os dois lados da moeda.

      Eu por exemplo comecei a escrever meus artigos no Google Docs, em vez do próprio Blogger, pois eu estava congestionando só de rascunho. E no Google Docs eu posso deixar melhor organizado de modo que eu sei qual devo dar preferência, diferente no computador.

      E se o computador de pau (várias vezes aconteceu) não corro o risco de perder.

      Mas é importante ter um backup do arquivo, pois se acabar a internet por um dia, você ainda pode editar.

      Mas a computação em nuvem é uma ótima opção, não precisa ficar carregando CDs, DVDs, HDs e nem pendrive que você pode perder, ser roubado e etc.

      O importante é manter o equilíbrio

      Metal Ômega Escreveu um post sobre… NOVO PORSCHE 911 CARRERA S 2009

    5. Hugo Nickerson Taquary

      Eu acredito que devemos seguir em frente com a computação em nuvens pois vejo isso como uma evolução e sempre devemos evoluir. E outra se a pessoa não tem Internet então não disponibiliza seus arquivos nos servidores e passe a trabalhar somente local. E devemos lembra que em um futuro não muito distante todos terão internet.

    6. Eu acredito que daqui a algum tempo realmente os softwares e aplicativos estejam rodando todos na web e a maioria dos usuários deverão estar utilizando esse sistema para criar e gerenciar seu arquivos.

      Uma informação importante e legal é que o termo Nuvem refere-se a WAN, que nada mais é do que internet.

      The Best Escreveu um post sobre… Impressionante esses trabalhos em Photoshop

    Deixe uma resposta