Plágio: O que o Google pensa sobre isso

Esse artigo faz parte do “Movimento todos contra o plágio!” que teve início no Grupo Blogueiros no Facebook e já teve vários artigos publicados desde o dia 22 de julho de 2012. No link abaixo você confere no Blogando com Facilidade uma relação com vários artigos que já foram publicados.

Se você é blogueiro e ainda não faz parte do Grupo Blogueiros no Facebook, convido a acessar o link abaixo e solicitar sua participação.

Plágio não traz resultados

Antes de começar a falar sobre o assunto, quero esclarecer que meu texto será mais educativo, procurando esclarecer aos novatos na blogosfera e aos que ainda não se deram conta, de que plágio é prejudicial para todos na internet.

Quanto mais conteúdo repetitivo é publicado pior para os leitores (e somos também leitores). Já é cansativo ler vários artigos e descobrir que todos disseram o mesmo com palavras diferentes, imagina então abrir e começar a ler alguns artigos e descobrir que eles são idênticos? Isso não é produtivo e não é benéfico a ninguém.

Se você publica o artigo de outro blog pensando que o está ajudando, você está muito enganado e precisa ainda pesquisar e ler muito antes de continuar com seu blog. Se você copia o texto de outro autor, não está ajudando ele e sim o prejudicando, e a você também. O Google (e os demais mecanismos de pesquisa) trabalham muito em seus algoritmos para evitar o conteúdo duplicado e é exatamente isso que você está fazendo.

Plágio é um assunto polêmico e que costuma gerar longas discussões conversas nos blogs onde são abordados, mas aviso logo, meu intuito aqui não é discutir o plágio e sim mostrar o que o Google pensa a respeito disso para que você possa entender que o plágio não o levará a lugar algum na blogosfera.

O que o Google pensa a respeito de conteúdo duplicado

Google e conteudo duplicado

Não importa o que você pensa quanto a conteúdo duplicado, importa o que o Google pensa. É triste mas é a constatação de um fato, quem manda na internet é o Google. Buscamos maneiras de indexar nosso conteúdo da melhor maneira possível (SEO) e também maneiras de não sermos penalizados por ele.

Para o Google conteúdo duplicado é,

“Conteúdo duplicado” geralmente refere-se a blocos substanciais de conteúdo dentro ou através de domínios que correspondem totalmente a outro conteúdo ou são notadamente similares. (Ajuda Webmasters Google)

Se você replica conteúdo de outros blogs o Google saberá e poderá punir a você, e o que é pior, ao autor original do artigo também, em alguns casos.

Práticas enganosas como essa podem resultar em uma experiência pobre para o usuário quando um visitante vê constantemente o mesmo conteúdo repetido dentro de um conjunto de resultados de pesquisa[…]

O Google se esforça para indexar e exibir páginas com informações distintas. Em raros casos em que o Google perceba que o conteúdo duplicado pode ser exibido com a intenção de manipular a nossa classificação e enganar os nossos usuários, vamos fazer ajustes apropriados na indexação e na classificação dos sites envolvidos. Como resultado, a classificação do site pode ficar prejudicada ou o site pode ser completamente removido do índice do Google e, nesse caso, ele não vai aparecer mais nos resultados de pesquisas. (Ajuda Webmasters Google)

Você sabia disso?

Se você copia conteúdo de terceiros, certamente não sabia disso. Pois todo o seu trabalho(?!) está sendo jogado fora, pois dificilmente conseguirá visitas substanciais por um período longo. O Google descobrirá, o autor dos artigos descobrirá e irá denunciar você ao Google, ao seu serviço de hospedagem e em alguns casos, até a justiça, já que plágio é crime previsto pela Lei Nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Você também será denunciado em todas as redes sociais que se tem conhecimento, ficando sua reputação online manchada para futuros negócios ou contatos que possa pensar em fazer no futuro. E não adianta criar perfil fake, nome falso, isso tudo é ilusão pois você será “desmascarado” e entregue a sociedade para ser julgado.

Mas eu quero ganhar dinheiro com blog

Se o que você está querendo é ganhar dinheiro com blogs posso lhe afirmar que essa não é a melhor maneira de fazer isso.

Em Fevereiro de 2009, no grupo por dentro do Adsense (Google Groups) do qual sou assinante, houve um esclarecimento a respeito de conteúdo duplicado. Segundo o texto os responsáveis pelo Google Adsense são informados constantemente de que códigos adsense estão sendo exibidos em sites que contém conteúdo copiado.

Google Adsense em conteúdo duplicado?

Na grande maioria dos casos o conteúdo duplicado está relacionado a geração de tráfego para ganhos com sistemas de monetização, principalmente o Adsense. Só que o Google tem uma maneira especial de tratar esse tipo de blog ou site. Conheça os procedimentos lendo o documento sobre a Lei de Direitos Autorais do Milênio Digital (DMCA).

Outros sistemas de monetização (programas de afiliados) também estão atentos a esse tipo de blog. Além que, para ganhar dinheiro com um blog, você precisa ter tráfego oriundo dos mecanismos de pesquisa e já falamos aqui que o Google vigia e muito esse tipo de comportamento.

Se você pratica o plágio esse artigo foi um alerta para que você entenda que o que está fazendo é errado e pode lhe trazer consequências para a vida toda, principalmente no tocante a reputação online. O que é escrito na internet é para a vida toda, dizem os sábios de plantão. Então cuidado com suas ações para que não se arrependa depois. Se você não é um plagiador, continue a ler o artigo, agora as dicas são para você.

Como se defender do Plágio?

No mesmo comunicado informado acima, enviado no grupo Por dentro do Adsense, fica bem claro que o teor do texto era de aviso aos editores sérios, ou seja, os que produzem conteúdo original e de qualidade. Isso significa que mesmo que o conteúdo seja seu você também corre risco, pois seu conteúdo é duplicado e você tem que provar que ele é seu e denunciar quem copia seu conteúdo.

Mas o que fazer então para se proteger desse tipo de estratégia de alguns “blogueiros(?)”. O próprio Google dá o caminho das pedras. Se achar que alguém está roubando seus textos entre no Google Webmasters (você precisa estar logado em sua conta Google) acesse o formulário de violação de diretrizes para webmasters e preencha-o com os dados necessários a identificação do blog que está pegando seu conteúdo.

Se for um blog criado no Blogger você ainda pode clicar na parte de cima do blog em “Sinalizar blog”, dessa forma ele será colocado sob suspeita e será investigado pela equipe do Google responsável pelo Blogger.

Segue ainda mais alguns links que podem ser interessantes para se defender do plágio:

E você, o que pensa sobre o assunto? Deixe sua opinião nos comentários.

Atualização em 12 de agosto de 2012

O Google emitiu uma nota informando que fará uma atualização no mecanismo de busca para ser ainda mais contundente no combate ao plágio. A partir da próxima semana será levado em conta, na classificação nos resultados de pesquisa, se um determinado site/blog já teve algum pedido de remoção de conteúdo plagiado. Se isso tiver acontecido, a página pode ser rebaixada nos resultados de pesquisa. Essa é uma conquista enorme para os que lutam contra o plágio. Confira no artigo abaixo, em inglês, ou no Ferramentas Blog.

Quer aprender como ganhar dinheiro na internet com conteúdo gratuito?

Gustavo Freitas

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

Website: http://gfsolucoes.net

    28 Comentários

    1. O artigo foi atualizado com novas informações, enviadas pelo Google, confiram no final do artigo.

    2. rafael jeremy

      Descupem o meu comentário e minha humilde opinão,mais terei que ser realista nem sei se o Sr gustavo ira postar o meu comentário mais tudo bem,primeiro é muita ingenuidade pensar que denunciando um blog ou um post ou ir até site de hospedagem irão diminuir isso,vocês não vão acabar nem com 0,000,000,0000,000porcento disso,pode até fechar um blog,site ou sei lá o que no mesmo dia a pessoa abre outro,detalhe até pior copiando mais artigo e ainda se tornando mais experiente no assunto de copia e anonimato,mais como, a internet como disse o Sr marcos é uma terra sem lei nunca uma pessoa que cola um post irá pra cadeia muito mesmo ser localizada isso é o principio de tudo.Segundo milhões e milhões de paginas de site, blog e outros são publicado por dia só no Brasil.Terceiro vamos punir os que copiam esta bem então vamos começar pelos site e blogs de fofoca,que em segundos as matérias de todos sai identicas com pequenas mudanças,os camelos que vendes produtos na rua,os canais de TV que um copia Materia de outro,os blog do Brasil que copiam as matérias norte-americanas,e os principais dois caras que hoje estão bilionarios BILL GATES roubou o projeto do macintosh da apple e o sistema windowns, o primeiro sistema operacional com sistema de janelas controladas e STEVE JOBS que copiou da Xerox o mouse e a interface gráfica,há rsrsrsrsrsr eu já estava me esquecendo frases de STEVE JOBS: nada se cria tudo se copia,quer outra esta bem vamos PABLO PICASSO “Bons artistas copiam, grandes artistas roubam”.QUEM DUVIDAR DESTE COMENTARIO BASTA PESQUISAR NA NET.

      • Rafael,
        aqui no GF Soluções todas as opiniões são bem-vindas e publicadas, desde que não sejam ofensivas.
        Fica registrada sua opinião que lógico não posso concordar, mas respeito.
        Agora é muita ingenuidade achar que uma pessoa está anônima na internet, isso não existe. Você por exemplo pode ter utilizado um nome fictício, mas o seu IP está registrado aqui, como em vários outros locais por onde você passou.
        Esse é o problema na internet, as pessoas acham que estão anônimas e podemo fazer o que quiser. Como diria o filósofo “povo”, “um dia a casa cai”.
        Abraço e obrigado por expressar sua opinião.

    3. Gustavo,

      Essencialmente eu gostei muito deste seu post, pois relatou excelentemente de como o Google trata Blogueiros que vivem nesse mundo de copiar e colar. Para não deixar em branco quero parabenizar seu desempenho como blogueiro e sua participação em nosso movimento.

      Abraços

      • Ruan,
        obrigado pelo comentário. Sempre que um movimento que ajuda a todos os blogueiros é lançado, eu apoio.
        Abraço.

    4. É uma questao complicada mesmo, o pior é quando descobrimos so meses depois, quando o sujeito ate ja te prejudicou no posicionamento nas buscas =/

      • Mestre,
        e o pior é que isso acontece o tempo todo, geralmente quando descobrimos já é muito tarde.

    5. O único mode de você provar que aquele artigo ou matéria seja de sua autoria, é criando suas matérias nos editores de textos. Todas as matérias que eu faço, sempre deixo os arquivo do Microsoft Word, onde escrevi a matéria guardado (salvos no pc). Quando você escreve, modifica ou recriar algum texto no Word, além dele salvar todas as modificado feito pelo autor ele salva a data que aquele documento em geral foi criado pela primeira vez.

      Mesmo que você copie para uma mídia de CD ou PenDrive, a data original que aquele arquivo foi criado permanece. Sendo assim, se tiver que provar que aquela matéria é sua e você foi plagiado, tem como prova. Após você provar que foi visita de um plagio, você ou autor da matéria em questão pode pedir até uma indenização por danos morais e matérias. Por que você – seu site/blog foi prejudicado.

      Bom, eu acho que o único jeito é assim!

      • informativonb,
        é uma boa ideia, mas existem também outras maneiras.
        abraço e obrigado pelo comentário.

    6. OI Gustavo,
      Tenho sido muito plagiado ultimamente isso me irrita muito. E o pior é que o Google só derruba o plagiador quanto ele está no Blogger, ou então quando está acima do texto original nas buscas.

      Isso é um absurdo, as pessoas me plagiam e não posso fazer nada. As vezes dá até vontade de parar com o blog, pois o próprio Google fala que valoriza o conteúdo único e original, como assim? se eles que são “o poder” não nos ajudam, ou ajudam muito pouco…

      Abraços.

      • Nestor,
        acredito que nós devemos cada vez mais no unir. Tem um plagiador em determinado blog, juntar todos e denunciar ele nas redes sociais, comentar no artigo do blog dele e muito mais, até que ele se toque e saia da internet ou comece a produzir conteúdo de qualidade.
        Nós podemos nos fazer fortes juntos, sermos o “poder”.
        Abraço.

    7. Gustavo,

      Boa tarde.

      O plágio existe desde a criação da internet.Acredite. Vivenciei boa parte disso.

      E vai continuar existindo, pois você sabe bem, hoje em dia a internet é em grande parte, fonte de renda. Mas em seus primórdios, fonte de informação.

      Está, para mim, muito evidente que, devemos mais do que nunca sermos xerife de nossos negócios e atividades na net. Creio que em futuro próximo, serão criadas, e se ganhará muito dinheiro com ferramentas de vigilância e até de gerenciamento de postagens globalizadas.

      Acredito que até já existam, em nichos isolados, onde a net corre em sua totalidade em fibra ótica; mas não para nós, reles mortais dos 100 mb. Já imaginou aguardar até 15 dias para ter seu novo post aprovado pelos provedores?

      Creio também, que já existam procedimentos “não lícitos” que burlam estes sistemas de gerenciamento já na atualidade. Visionário? Não! sou muito realista.

      O que você pensa de se criar uma associação tipo marcas e patentes sobre posts?
      Assim antes de você pubicar, registraria o conteúdo que receberia um número de protocolo com data e hora do registro.

      Com certeza, não será essa a solução definitiva, pois principalmente na net, tudo é transitório e será renovado. Mas como se trata de $$$$, talvez possa servir de ajuda imediatista.

      Caso haja consenso poderíamos iniciar uma pesquisa sobre o assunto.

      PS.: Não vou registrar patente da idéia (ainda)….hehehe

      Abraço

      • José Carlos,
        sua ideia é muito interessante, sugiro que a proponha no grupo de blogueiros (o link está no artigo), a adesão pode ser grande.
        Abraço.

    8. É Gustavo, realmente o plagio não compensa, além de ser algo errado de se fazer, ainda é CRIME previsto na lei do Brasil. Mas mesmo assim ainda vemos todos os dias milhares de blogs grandes e pequenos sendo plagiados, e a cada segundo nasce um novo plagiador.
      Conclusão, essa praga só cresce, então quanto mais rápido acabarmos com ela, melhor para a blogosfera!

      • Gustavo Guerra,
        é uma luta muito difícil e desigual mesmo. Não podemos nunca achar que plágio traz alguma vantagem, e a cada dia esclarecer mais e mais os novos que chegam a blogosfera. As vezes uns mais “experientes” também precisam ser esclarecidos.
        Abraço.

    9. Olá Gustavo,

      Estava acompanhando esta revolta sobre conteúdo duplicado no Twitter e a princípio preferi não me manifestar pois o a discussão girava em torno da reputação do blogueiro e do blog, do autor do conteúdo, e não envolvia o Google.
      Após citar o Google, nesse artigo principalmente, senti-me na obrigação de deixar escrito o que penso.

      Quando você diz “plágio é prejudicial para todos na internet”, eu discordo. Em meus sites de Adsense por exemplo, adoro quando copiam meu conteúdo, pois dependo 100% do tráfego do Google e o mesmo sabe qual a é versão original do conteúdo, qual é a copiada. Partindo dessa afirmação, por que o Google não atribuiria uma maior reputação para o conteúdo que é copiado frequentemente? (Como disse ao ver a revolta que se formava por parte dos blogueiros no Twitter: https://twitter.com/gamarravictor/status/226740059280379905 )

      Aliás, dizer o que o “Google pensa” e o que ele realmente faz com base nas afirmações dele não é uma boa ideia (Sei que pode parecer contraditório/estranho, mas realmente é isso). Há tempos ele dizia que um trabalho de Negative SEO não surtiria resultados, testes provaram que é possível prejudicar o ranking de um site no Google com trabalhos de link building maldosos.

      O que quero dizer é que o Google não pode dizer certas coisas, tanto para manter “a paz na internet”, quanto para preservar seu sistema de buscas. É preciso duvidar sempre, é preciso pensar fora da caixa, ir contra “aquela velha opinião formada sobre tudo”. Além disso, os (poucos) que realmente sabem o que ocorre por detrás dos panos, pouco falam.

      Enfim, era isso o que queria dizer. Respeito a opinião de vocês, blogueiros por paixão, que a cópia do conteúdo não é legal, mas, em termos de Google, o mesmo não pode ser dito (por aqueles que tem seu conteúdo duplicado).

      Agradeço o espaço aqui cedido,
      Um grande abraço,
      Victor Gamarra – @GamarraVictor

      • Victor Gamarra,
        seu comentário é muito bem-vindo, pois certamente irá levantar um debate sobre o assunto aqui nos comentários (pelo menos é o que eu espero) pois levantou um ponto polêmico e que pode ser muito bem discutido aqui.
        Eu respeito sua opinião, mas não retiro uma palavra do que disse acima, por alguns motivos que justifico abaixo:
        1- Há 4 anos escrevo aqui no GF Soluções sobre vários assuntos e sempre me baseio em fatos e declarações pra me pautar, nunca na suposição. Quando disse o que o “Google pensa” é me baseando nas declarações oficiais deles. Se não se pode confiar no que eles dizem, ai o problema já é outro, mas eu sempre me portei assim, baseado em fatos e declarações.
        2- Tenho larga experiência com conteúdo duplicado e recentemente tem acontecido algo em um de meus projetos que joga por terra o que você diz aqui “Em meus sites de Adsense por exemplo, adoro quando copiam meu conteúdo, pois dependo 100% do tráfego do Google e o mesmo sabe qual é a versão original do conteúdo, qual é a copiada. Partindo dessa afirmação, por que o Google não atribuiria uma maior reputação para o conteúdo que é copiado frequentemente?”. Eu tenho um projeto que está sendo copiado discaradamente, até mesmo com pegadinhas que temos colocado dentro do texto e mesmo assim eles aparecem, sempre na nossa frente no Google. Quando pesquiso logado no Google aparecemos logo abaixo deles, mas quando pesquiso em logoff não aparecemos nem nas primeiras páginas e eles estão lá, em segundo ou terceiro nos resultados. Então o Google não sabe, em todos os casos, qual é o conteúdo original. Como meu projeto tem um domínio novo e o outro tem um domínio de muitos anos, isso também pode ser um diferencial, além de vários outros fatores que desconhecemos.
        3- Você disse que “Quando você diz “plágio é prejudicial para todos na internet”, eu discordo.” Você não deveria discordar, pois quando você vai procurar por um assunto no Google e descobre que a maioria dos resultados é o mesmo artigo, apenas replicado, certamente você não deve gostar. Conteúdo duplicado é prejudicial sim, principalmente hoje com tanto conteúdo pra se consumir.
        4- Pela minha posição acadêmica não posso compactuar com conteúdo duplicado (cópia mesmo descarada de conteúdo) pois devemos buscar uma sociedade que possa ler, interpretar e produzir seu próprio conteúdo. E não é copiando e colando que ela vai chegar a esse nível.
        Abraço e espero vê-lo outras vezes aqui pelos comentários, pois sempre é válido receber comentários com argumentos contrários aos nossos, isso reforça a democracia do espaço e também enriquece o artigo com um debate saudável.

    10. excelente artigo, Gustavo, no meu artigo eu citei algumas defesas que têm tudo à ver com suas dicas, isto mostra que estamos no caminho certo, suas dicas são importantes, eu mesmo não tinha idéia de como o Google trata o conteúdo duplicado e foi bom descobrir isso porque assim eu tenho uma certeza: melhor ter pouco conteúdo do quê muito conteúdo duplicado, isto é ruim pra todo mundo.
      Obrigado… eu nunca plagiei (graças à Deus) mas a gente acaba querendo melhorar um artigo, impregnando o nosso estilo, mas isto acaba sendo prejudicial…
      parabéns… pra mim, mesmo não sendo plagiador, foi muito útil

      • Netto,
        obrigado pelo comentário.
        Dentro do que falou ” melhor ter pouco conteúdo do quê muito conteúdo duplicado, isto é ruim pra todo mundo” eu estou testando uma nova técnica em alguns blogs de nicho, excluindo artigos que já não agregam nada e por enquanto os resultados são ótimos.
        Abraço.

        • Bacana essa idéia, gostaria de saber mais sobre essa técnica, quem sabe a gente “enxuga” um pouco essa blogosfera? Porque eu concordo contigo, não deve ter muito sentido ter um monte de coisa duplicada e o Google simplesmente ignorar isto, não tem coerência, ele pode até “fazer vista grossa” como sugeriu o colega, pra não tumultuar a web, mas deve aplicar seus meios técnicos para filtrar isso, com certeza.

          • Netto,
            podemos conversar qualquer hora dessa, mas a técnica ainda está em testes e só gosto de compartilhar quando realmente tenho certeza do que estou falando.
            Abraço.

    Deixe uma resposta