TIC na Educação é possível no Brasil?

Com esse artigo, que é baseado na minha monografia de pós graduação, dou início aqui no GF Soluções não somente a uma série de artigos sobre TIC na Educação, mas uma nova categoria de artigos, que inclui dicas, ferramentas e cases de sucesso de utilização da tecnologia na educação.

o que é tecnologia?

Tecnologia diz respeito a todo conhecimento técnico e/ou científico, incluindo a utilização de ferramentas, processos e materiais que auxiliem ou facilitem a realização de trabalhos ou a obtenção de novos conhecimentos. Dependendo do contexto, seguem alguns exemplos de tecnologia:

  • Máquinas e ferramentas que auxiliam na resolução de problemas;
  • Técnicas e conhecimentos utilizados para solucionar ou facilitar a resolução de problemas;
  • Conhecimento na combinação de recursos para produção de produtos industrializados;
  • Habilidade para alterar o meio ambiente em favor do ser humano, como por exemplo, possibilitar a plantação de flores em locais áridos, através da perfuração de poços artesianos.

O que é Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC)?

Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) diz respeito a um conjunto de recursos tecnológicos (computador, impressora, fax, telefonia), integrados e com um objetivo comum, sendo utilizados de várias maneiras como, por exemplo:

  • No processo de automação nas indústrias;
  • No gerenciamento de lojas, supermercados e do comércio em geral;
  • Na publicidade, desde o desenvolvimento da ideia até a veiculação dos anúncios;
  • No gerenciamento, na segurança e disponibilidade das informações e recursos financeiros dos clientes do setor bancário;
  • No desenvolvimento do indivíduo, possibilitando o acesso à educação em qualquer lugar através da educação a distância (EAD):
  • Nas tarefas cotidianas, entrando em nossas casas através de smartphones, computadores, tablets, impressoras e principalmente a internet, nos dando possibilidades de evoluir e alcançar objetivos no conforto de nosso lar.

O que é TIC na Educação?

tecnologia na educação no brasil é possivel

A Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) na Educação diz respeito a utilização de tecnologias no desenvolvimento da educação, seja informatizando a escola na sua área administrativa e/ou capacitando o corpo docente a entender e planejar melhor as aulas. É uma ferramenta que pode ajudar os professores a revolucionar a sala de aula e o processo de ensino-aprendizagem, com a utilização de computadores, tablets e, claro, a internet e as ferramentas da web 2.0.

Algumas ferramentas que podem ajudar a transformar a sala de aula são:

  • Blogs
  • Wikis
  • Webquests
  • Redes sociais
  • Softwares Educativos

Esses são apenas alguns exemplos e serão abordados separadamente em outros artigos publicados no blog.

Leia também “Toda educação deve empregar tecnologia, diz escritor” que passa a impressão do escritor Marc Prensky, criador dos termos “nativos digitais” e “imigrantes digitais”.

TIC na Educação é possível no Brasil?

Tanto é possível que já acontece em várias escolas e muitos professores já utilizam para revolucionar o ensino em matérias como português, matemática, história, geografia, inglês… Vamos juntos conhecer vários desses cases de sucesso. Conto inclusive com sua ajuda pra indicar cases de sucesso que conhece para abordar aqui no blog. Basta entrar em contato pelo formulário abaixo.

Apesar dos cases de sucesso que serão mostrados, isso não quer dizer que no Brasil a TIC na Educação é uma realidade. O que vamos conhecer são cases de professores, diretores e outros membros de escolas, que não ficam esperando uma política pública sobre o assunto que não chega, e colocam a mão na massa e procuram fazer algo diferente que possa incentivar os alunos a participar mais ativamente das aulas.

TIC na Educação no Brasil é possível? Claro que sim, mas precisa ainda da participação ativa dos Governos Federal, Estadual e Municipal, capacitando os professores e demais integrantes das escolas e também informatizando as escolas. Mas não adianta apenas a compra de computadores, é necessário também capacitar os professores para que saibam em que momento é crucial a utilização da tecnologia e que ferramentas e em que momento irá atrapalhar mais que ajudar.

E você, acredita que a TIC na Educação no Brasil é possível? Conhece algum caso para relatar aqui no blog? Deixe seu comentário e vamos transformar esse artigo num debate sobre o assunto.

Crédito da imagem: http://blog.udf.edu.br/

Quer conhecer a técnica que usei para ganhar R$ 1.091,80 em menos de 48 horas?

Gustavo Freitas

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

Website: http://gfsolucoes.net

    8 Comentários

    1. Olá, Gustavo! Tudo bem?

      Sim, é possível. Apesar de todos os fatores que dificultam esse processo, ainda sim acredito na viabilidade de aplicar TICs na Educação.

      Não é uma tarefa fácil, independentemente do meio usado para alcançar, nos jovens, o desejo pelo conhecimento utilizando tecnologias voltadas para cada disciplina.

      Particularmente, como professor de Matemática, até pensei que seria fácil no começo, mas me enganei. Mas aos poucos obtenho algum resultado na tentativa de estimular a aprendizagem dos alunos e despertar o gosto em aprender cálculos matemáticos e por fim gostar de Matemática.

      Cada clientela tem um olhar diferente para novas formas de ensino-aprendizagem. Atrair a atenção deles com softwares educativos, quadro mágico, até mesmo blogs, nem sempre obteremos sucesso, mas é na perseverança que conseguimos.

      Sou um grande defensor para a aplicação das novas tecnologias para Educação. Alguns governos investem nesse sentido e os que investem, não disponibilizam na mesma proporção o suporte necessário.

      Um abraço!
      PS: Na medida do possível acompanharei a série de artigos.

      • Edigley,
        muito obrigado pela colaboração nos comentários. Dá pra ter uma ideia de que você sabe muito bem do que está falando.
        Espero que realmente acompanhe a série de artigos.
        abraço.

    2. Gerson Barrey

      Olá Gustavo, parabéns pelo artigo e pela iniciativa em abordar este tema.
      Estou como Diretor de Inclusão Digital do Estado do RS e juntamente com nossa Sec. de Educação priorizamos ações de TIC nas escolas, através de nosso projeto Província de São Pedro (um computador por aluno e professor).
      É um grande desafio, considerado as dimensões da nossa rede escolar.
      Nosso projeto é inspirado no projeto UCA(Um computador por aluno/professor) do Gov. Federal e principalmente no Projeto CEIBAL do Uruguai, que fez das TICs na escola um grande projeto de inclusão social da nação Uruguaia http://www.youtube.com/watch?v=AWOpCDBuhgs.
      As metas do Uruguay são arrojadas e entusiamadoras, sabem que o Brasil irá crescer nos próximos 20 anos e pretendem que seus filhos suportem a demanda de técnicos de TIC do nosso país.
      Os uruguaios, através do projeto CEIBAL pretende reposicionar o Uruguay perante o mundo.
      Um belo exemplo a ser seguido.
      Abs.

      • Gerson Barrey,
        obrigado pelo comentário e pelo relato do projeto de vocês. Parabéns pelo trabalho.
        Abraço e sucesso com o projeto.

    3. Gustavo, nada melhor que o programa educacional da Webnode.
      100% gratuito e com centenas de escolas do Brasil já a utilizar.
      Fica a recomendação, talvez seja uma boa matéria para o seu blog.

      Link: edu.webnode.com.br

      Se quiser testemunhos de professores e as vantagens de utilização das TIC em projectos escolares conte comigo. Informação não me falta.

      Um abraço!

      • Roberto Cortez,
        grande dica, não conhecia programa do Webnode e vou, com certeza analisar escrever um artigo sobre o assunto.
        Quanto aos testemunhos, claro que vou querer, entre em contato comigo pelo formulário do blog e conversamos melhor.
        Abraço.

    4. Gustavo,

      Parabéns pela iniciativa. Esse tema me interessa muito e chegou na hora certa, pois, apesar de ser graduado em Gestão da Tecnologia da Informação resolvi fazer pós-graduação na área de Educação, literalmente: especialização em Educação a Distância. Já estou no final do curso e neste mês darei início a meu artigo científico para, com fé em Deus, concluí-lo. Em relação a esse artigo “TIC na Educação é possível no Brasil?” afirmo que é possível sim. Pois também sou professor freelancer e tenho alguma experiência a passar nesse sentido. Porém, gostaria de deixar claro que discordo quanto ao uso do termo “TIC” (sei que é bastante utilizado, inclusive por diversos autores, professores acadêmicos, etc.).Discordo porque o “C” de “TIC” já engloba a Comunicação na Tecnologia da Informação. Se me permite, leia o artigo “Tecnologia da Informação”, em http://ogestor.eti.br/tecnologia-da-informacao/
      Abs e até o próximo artigo da série.

      • Luis Marcos,
        obrigado pelo comentário e pelo link do seu artigo, que acabei de ler.
        Como você mesmo citou em seu artigo, existe muita divergência quanto a definição de Tecnologia da Informação, até mesmo por ser uma área relativamente nova em comparação com outras e também por evoluir rapidamente.
        Quando a TI surgiu, se chamava CPD, lembra? Centro de Processamento de Dados, depois passou a TI (Tecnologia da Informação), sendo na época a definição de que se tratava “apenas” de software e hardware de computador. Quando do surgimento e popularização da internet ficou claro que as telecomunicações (telefone, fax) estavam integrados também na TI.
        Alguns autores atualizaram suas definições e acrescentaram a comunicação, outros preferiram criar um termo mais amplo.
        Quando se fala em tecnologia na educação, a grande maioria utiliza TIC, por isso a escolha do termo.
        Abraço e obrigado por abordar esse ponto. O objetivo desse artigo e de outros que virão é justamente esse, levantar debates que possam ajudar no avanço da tecnologia na educação.

    Deixe uma resposta