Prefeitura de Ipojuca informou que homem foi detido ainda por desacato a autoridade e resistência.

Turista russo é detido por tomar banho de mar em Muro Alto

Um vídeo gravado na terça-feira (26) viralizou nas redes sociais ao exibir um homem estrangeiro sendo algemado pela Guarda Municipal na praia de Muro Alto, vizinha a Porto de Galinhas, no município de Ipojuca, ao sair do mar. A prefeitura do município afirmou que o turista russo foi detido por descumprir o decreto que proíbe banhistas nas praias, desacato e resistência às autoridades.

De acordo com a prefeitura, o casal fazia parte de um grupo que estava hospedado em um residencial no fim de semana e que foi alertado, mais de uma vez, sobre o fechamento das praias por causa da pandemia da Covid-19.

Parte do grupo teria apresentado “resistência” e não quis sair do mar, mesmo recebendo orientação dos salva-vidas.

“Com a chegada dos guardas municipais, recebemos outro relato de que os mesmos turistas, de nacionalidade russa, estavam ironizando o pedido para que deixassem a praia e depois desacataram os guardas presentes”, afirma a nota da administração.

A prefeitura lamentou o fato e disse que o vídeo “não mostra a abordagem inicial, nem as falas de ambas as partes”.

“De acordo com o relatório da Guarda Municipal, o homem foi algemado não só por estar na praia descumprindo as medidas sanitárias contidas nos decretos estadual e municipal, mas também por desacato a autoridade e pela resistência”, disse a prefeitura.

Na mesma nota, foi informado que o homem foi encaminhado para a delegacia do Cabo de Santo Agostinho, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

A prefeitura reforçou que este foi o primeiro caso de detenção desde o dia 22 de março, quando o litoral de Ipojuca foi interditado.

“A prefeitura, além de lamentar o ocorrido, também pede à população, aos turistas e visitantes que evitem o confronto e que respeitem o decreto de interdição das praias no nosso estado para que a gente supere este período difícil com tranquilidade e respeito mútuo”.

Procurada pelo G1, a Polícia Civil informa que o homem de 39 anos, de nacionalidade russa, foi autuado por infração de medida sanitária preventiva. O acusado assinou o TCO e foi liberado para responder perante a Justiça em liberdade.

Coronavírus em Pernambuco

Pernambuco confirmou, na terça-feira (26), mais 488 novos casos de Covid-19. Com isso, o estado somou, na data, 28.854 casos confirmados da doença causada pelo novo coronavírus. Também foram registradas mais 80 mortes, totalizando 2.328 óbitos pela Covid- 19 até a terça.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.