Google lança o Google Sala de Aula

O Google anunciou, no seu blog oficial, o lançamento do Google Sala de Aula. A ferramenta já possui mais de 100 mil professores de 45 países.

Em maio desse ano o Google anunciou que estava trabalhando numa ferramenta para ajudar o ensino no mundo. O Google Sala de Aula (ou ClassRoom, em inglês) foi abraçado por mais de 100.000 educadores de mais de 45 países que se inscreveram para testar a nova ferramenta educacional.

Agora, a partir de hoje, todos os usuários do Google Apps for Education podem acessar a ferramenta. Dessa maneira o Google acreditar estar “contribuindo para que os professores gastem mais tempo ensinando e percam menos tempo com papelada”.

Google Sala de Aula

No blog oficial Zach Yeskel, gerente de produto do Google Sala de Aula (e ex-professor de matemática do ensino médio), disse o seguinte…

Uma das primeiras escolas a utilizar o Google Sala de Aula foi a Fontbonne Hall Academy, localizada no Brooklyn, em Nova York. A irmã Rosemarie DeLoro, que ensina há mais de 60 anos, nunca havia utilizado computadores com seus alunos antes de adotar o Google Sala de Aula em sua escola.

A plataforma tornou mais fácil enviar planilhas digitais aos alunos de sua turma de italiano e dar o feedback diretamente, contribuindo para o aprendizado. Na verdade, após apenas algumas semanas, a irmã Rosemarie já estava mostrando para os demais professores como utilizar as ferramentas. Ela dizia: “Vocês não podem continuar ensinando à moda antiga”.

Professores e alunos têm sido fundamentais para nos ajudar a construir o Google Sala de Aula. Ouvimos durante os testes, por exemplo, que os educadores não querem esperar até que os trabalhos sejam concluídos para que possam colaborar com os alunos.

Agora os professores conseguirão ver e comentar os trabalhos dos alunos durante a elaboração, para ajudá-los no aprendizado. Ouvimos também que os educadores querem um lugar fácil para postar as informações e materiais de suas aulas. Por isso, adicionamos a página “Sobre” para cada curso.

Quando os professores criam os trabalhos, eles podem anexar arquivos do Google Drive – inclusive do Google Docs, Microsoft Word, Keynote, Google Slides, Excel, Google Sheets, e muitos outros. Em seguida, podem optar por fazer automaticamente uma cópia para cada aluno.

Os professores podem rever os trabalhos diretamente no Google Sala de Aula e dar feedback e notas aos alunos em um único lugar.

Google Sala de Aula: Uma ferramenta incrível

O Google Sala de Aula está disponível em 42 idiomas (incluindo o hebraico, árabe e persa). A plataforma também funciona bem nos dispositivos móveis e na maioria dos leitores eletrônicos. O Google está liberando a ferramenta aos poucos e em breve nos usuários serão liberados..

Para acessar é preciso ter uma ocnta no Google Apps for Education. Se você acessar a página classroom.google.com com a sua conta do Google Apps for Education e ainda não tiver acesso, a orientação é que tente novamente no dia seguinte.

E você, o que achou dessa ferramenta do Google? Se é professor ou aluno, já está usando? Se não, vai conversar com a sua escola pra começar a utilizar? Ou não acha interessante?

Quer conhecer a técnica que usei para ganhar R$ 1.091,80 em menos de 48 horas?

Gustavo Freitas

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

Website: http://gfsolucoes.net

    2 Comentários

    1. Olá, Gustavo!

      Que ferramenta sensacional! O Skype lançou uma ferramenta semelhante, mas não se compara com esta da Google. Vou recomendar para algumas escolas que dou apoio.

      Um abraço!

    Deixe uma resposta