Entrevista com António Faneca do Blogando com Facilidade

Estamos de volta com mais uma entrevista no Fala Blogueiro, a primeira de 2013. Para os que ainda não sabem, o Fala Blogueiro  é uma seção onde entrevisto blogueiros para que possamos conhecer a pessoa por trás do blog e saber as dificuldades e obstáculos que ele passou para chegar onde está hoje.

No Fala Blogueiro de hoje a entrevista é com o António Faneca do Blogando com Facilidade. Ele é de Coimbra (Portugal) e tem 16 anos. Ele estuda Ciências e Tecnologia e frequenta o 10º ano (Ensino Secundário). Além do administrar o Blogando com Facilidade junto com o Iago Melanias, ele presta serviços de freelancer na web e joga futebol federado.

Segundo o António,

Há uns anos atrás uma frase que me definiria seria: “Para quê fazer hoje o que pode deixar para amanhã?”. Mas hoje sou mais apologista desta: “Escolhe um trabalho de que gostes, e não terás que trabalhar nem um dia na tua vida.”, porque me permite sonhar com uma profissão a tempo integral na blogosfera e me leva a trabalhar diariamente para o conseguir.

Fala Blogueiro com António Faneca

clip_image001clip_image002

Como você começou a blogar? Conte-nos sua história.

Minha experiência na blogosfera começou em meados de 2006. Não tenho bem a certeza de como a conheci, mas sei que o primeiro blog foi relacionado com um trabalho escolar. Depois, aos poucos, comecei a criar mais e mais blogs.

Uma semana criava um blog de desporto e passava horas a (tentar) editar templates e configurações a fim de o colocar do jeito que queria. Depois de conseguir, me fartava e partia para outra nova e desafiadora aventura noutro nicho. Assim foi minha vida no primeiro ano de blogueiro.

Depois disso, comecei a evoluir e a penetrar cada vez mais pela blogosfera. Conheci e comecei a interagir com alguns outros recém-blogueiros e juntos crescemos imenso. Foi um trajeto realmente incrível e do qual me orgulho mesmo. Uma experiência para a vida!

Sei que você não está no Blogando com Facilidade desde o começo. Como aconteceu essa integração de seu antigo blog ao BcF? De quem partiu a iniciativa?

Antes de entrar para o BcF, eu possuía o PT Blogger, um metablog parceiro do BcF. Nessa altura já era bastante amigo do Iago, até que numa noite pensamos que teríamos muito mais a ganhar se uníssemos os nossos projetos e começássemos a remar juntos num objetivo comum: tornarmo-nos referências no nicho de metablogging e é para isso que temos vindo a trabalhar até hoje.

Você e o Iago Melanias conseguiram muito sucesso em pouco tempo no Blogando com Facilidade. Qual é a fórmula desse sucesso? Ou não existe uma fórmula do sucesso?

Não existe fórmula para o sucesso e, mesmo que existisse, eu não daria, venderia (risos).

O sucesso depende de 90% trabalho, 5% sorte, 2,5% timing e os restantes 2,5% para as tendências.

Portanto, como é óbvio, as suas possibilidades de ter sucesso sem trabalho não ultrapassam os 10%, pelo que se pretende seriamente alcançar sucesso e se tornar referência no seu nicho de atuação, se dedique de forma profissional e séria a seu trabalho e sempre tenha em conta que é um projeto a longo prazo. O sucesso virá naturalmente por acréscimo. Estes são os conselhos que penso que são importantes a esse respeito.

Apesar disso, não creio que possa considerar já o BcF um sucesso. Obviamente que estamos muito felizes em termos já bons dados estatísticos e leitores incrivelmente atentos e compreensivos, mas ainda há muito trabalho pela frente e desafios a serem ultrapassados. Para mim, um projeto só poderá ser considerado um sucesso quando chega ao fim e um número considerável de pessoas fica sentindo a sua falta. Estando o BcF ainda no começo de sua vida, penso ser precoce efetuar previsões desse tipo. Só o futuro o dirá…

Nos últimos meses o BcF tem sido muito pouco atualizado, se comparado há meses anteriores? Vocês pensam em deixar de atualizar o BcF ou é só uma fase de pouco tempo ou dedicação a outros projetos?

Nestes últimos meses, embora tenhamos atualizado o blog menos vezes do que o que já habituamos os nossos leitores, temos trabalhado intensamente no projeto.

Tanto eu como o Iago estamos empenhadíssimos nele e investimos bastante no seu futuro. Um primeiro passo foi o lançamento da nova identidade visual e mais novidades estão para vir, em prol de uma blogosfera melhor e unificada.

Tenho também meus próprios projetos pessoais, um deles bastante ambicioso, que me ocupam bastante tempo.

Trata-se do lançamento de um serviço de soluções web, a Web Market.pt que engloba hospedagem, registro de domínios, criação de lojas virtuais, websites, gestão de websites (webmastering) e gestão de conteúdos (criação de conteúdo para websites/blogs). Estamos atualmente no desenvolvimento do projeto e tenho feito também um forte investimento nele.

Você possui outros blogs? Se sim, por favor nos permita conhece-los também.

Assim que ingressei no BcF, optei por me focar nesse projeto e deixar um pouco de lado os restantes projetos. Atualmente tenho em mãos o PT Downloads, o Rir Mais e o Web Market.pt (para o projeto referido acima).

Você tem um metablog com um sócio e em 2012 lançamos juntos um e-book pago. Você faria esse tipo de parceria/sociedade novamente?

A parceria entre mim e o Iago no BcF tem dado um resultado bastante bom. Acredito seriamente que, caso houvesse fórmula para o “sucesso” do nosso projeto, talvez um aspeto importante seja a nossa relação muito boa e o equilíbrio de personalidades que existe entre os dois.

Quanto ao e-book pago que lançamos em conjunto, sem sombra de dúvidas também foi uma experiência incrível e que me fez crescer bastante.

Os meses que tivemos de produção do e-book foram bastante atropelados e a falta de tempo para outras coisas foi um fenómeno constante, mas com certeza valeu a pena e voltaria a repeti-la, tendo em conta os bons resultados.

Você acredita que investir dinheiro no blog é essencial para o sucesso?

Não diria que é essencial, mas com certeza chega a uma altura de vida útil do blog em que se não estivermos dispostos a investir nele, então certamente é um projeto que não terá futuro.

Como você pode esperar que seu blog lhe dê algum retorno se você não procurar investir nele primeiro?

Não precisa efetivamente de ser um investimento monetário. A maioria das vezes até, o simples fato de investir mais em tempo e dedicação a seu projeto será suficiente para lhe trazer resultados, mas reafirmo: investir dinheiro pode ser opcional, mas se realmente quer ter sucesso, precisa se focar seriamente no projeto e o levar bastante a sério!

Você obtém algum retorno financeiro de seu blog? Se sim, poderia relacionar algumas fontes de renda?

O retorno financeiro que obtenho com o blog é relativamente baixo, se comparado com os lucros que obtenho como freelancer.

A maioria do lucro provém de sistemas afiliados e publicidade direta, ainda que os números tendam a aumentar consideravelmente a cada mês.

Você pensa em, algum dia, se dedicar a tempo integral a seu blog ou então seguir uma carreira online?

Esse sempre foi meu sonho. Poder tornar a atividade de que mais gostamos o nosso modo de vida é algo incrível e uma experiência que sem dúvida pretendo vivenciar. Pelo menos é para isso que trabalho diariamente!

Conte-nos como acontece seu processo de criação de artigos?

Como eu já referi em um artigo no BcF, tenho optado por, nos meus tempos mortos offline, pegar num bloco de notas e começar delineando a estrutura do artigo, maioritariamente por tópicos.

Depois, assim que tiver disponibilidade para publicar, basta passar o conteúdo do bloco de notas para o editor de texto do blog em forma de prosa mais detalhada, efetuar algum backlink, estilizar o conteúdo e está pronto a publicar. Este método tem vindo a se declarar bastante eficaz e tenho vindo a tentar desenvolve-lo nestes últimos 2 anos.

Quais as formas de divulgação que utiliza no BcF? Quais dão mais resultados a curto prazo? Quais já utilizou e hoje vê que foi perda de tempo?

Recentemente, nós fizemos uma forte aposta no Facebook, por se declarar uma forte tendência do mercado e um local onde se centralizava a grande massa do nosso público-alvo. Hoje revela-se uma aposta bastante positiva e tem sido uma boa fonte de visitas para o nosso blog.

Uma aposta da qual desistimos há um bom tempo já (pouco depois de eu ingressar no BcF) foi dos agregadores de conteúdo. Apesar dos resultados a curto-prazo, verificamos que o número de leitores que se tornavam fiéis e visitantes assíduos era bastante reduzido e, apesar de inicialmente ter sido de grande ajuda para alavancar o blog, não é hoje uma fonte de divulgação que utilizemos regularmente.

Como sua família e amigos reagem quando sabem o trabalho que você realiza na internet?

Apenas meus amigos mais próximos e familiares sabem realmente de meus projetos na internet, isto porque eu gosto de diferenciar minha vida pessoal de minha carreira na internet. Consoante vão descobrindo o que eu produzo na internet, regra geral eles não acreditam à primeira e necessitam comprovar pelos próprios olhos para acreditar. Mas com o tempo vão se habituando e alguns deles até já estão seguindo minhas pisadas.

Você já pensou em fechar seus blogs e ir cuidar de sua vida off-line? O que recomenda a outros blogueiros que pensam isso?

Eu sempre procurei equilibrar os dois mundos e penso que o consegui com sucesso até agora. Para além da vida online, tenho também uma vida offline bastante atarefada e preenchida, como a de qualquer outro adolescente da minha idade.

Tal como já referi em um artigo do BcF, blogar só faz sentido enquanto não puser em causa a nossa relação social com o resto do mundo. Da mesma forma que viver isolado numa caverna não é saudável (quer física, quer mentalmente), também não o é se concentrar somente na vida online e seus amigos virtuais e se esquecer do magnífico mundo que temos cá fora e muitas vezes desvalorizamos.

Eu adoro blogar e é uma das minhas atividades favoritas, mas tal como em tudo na vida, temos que saber impor limites e é isso que tento fazer.

Cite 5 blogueiros/blogs que te influenciaram no início, quando estava começando com seu blog.

Como já referi num artigo no QCB (5 blogueiros que deveria conhecer), alguns blogueiros que me ajudaram bastante inicialmente foram você (Gustavo Freitas), a Juliana Sardinha, o Marcos Lemos, o Paulo Estevão e o Gian Depiné.

Cite 5 blogueiros/blogs que te influenciam ainda hoje.

Atualmente, já não visito tantos metablogs como era costume, portanto a lista é um pouco mais diversificada. Os que mais me influenciam são o Paulo Faustino, o Darren Rowse, o Adelson Smania, o Luciano Larrossa e o Diogo Espinha.

Deixe uma mensagem para os leitores do GF.

Gostaria de agradecer ao Gustavo pelo convite para a entrevista e aos leitores por lerem esta entrevista e claro, um abraço especial aos leitores do BcF que sempre nos dão força para continuar!

OPINIÃO GUSTAVO FREITAS

O António Faneca, desde o primeiro momento que o conheci, sempre me impressionou pelas atitudes e ideias muito bem elaboradas para sua idade. É realmente um exemplo para os adolescentes e jovens que querem trilhar um caminho de sucesso, independente da profissão. Pelos projetos revelados na entrevista e pelas respostas as perguntas, você já pode ter uma ideia mais clara do que acabei de falar sobre o António Faneca.

E você, já conhecia o António Faneca? O que achou da entrevista? Deixe seu comentário.

Quer conhecer a técnica que usei para ganhar R$ 1.091,80 em menos de 48 horas?

Gustavo Freitas

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

Website: http://gfsolucoes.net

    10 Comentários

    1. Humberto Caulo

      É impressionante a capacidade de certos jovens, atualmente, se comunicarem. Percebemos que são espíritos de longa existência e vasta bagagem cultural, como no caso, o António Faneca.
      Sou novíssimo na blogosfera, estou com muita vontade de aprender e ter depoimentos como este, além de ser prazeiroso, nos dá muito incentivo.

      • Humberto,
        concordo com você, apesar de lidar com jovens há mais de 5 anos na internet ainda me surpreendo com a capacidade precoce desses meninos.
        Abraço e sucesso.

    2. Olá Gustavo,

      acompanho o trabalho realizado no BcF a muito tempo e a chegada do Antonio ao mesmo foi muito importante para o crescimento e sucesso do BcF.

      Parabéns, abraço e muito sucesso a todos!

      • Cláudio,
        conhecia o António antes do BcF e já era nítido o seu talento.
        Abraço e obrigado pelo comentário.

      • Olá Claudio,
        Muito obrigado pelo agradável comentário!

        É sempre bom ter o nosso trabalho reconhecido pelos leitores 🙂

        Abraço!

    3. Já conhecia alguns dos projetos do António ele é realmente um blogueiro de exemplo para outros. As perguntas foi muito bem elaboradas, parabéns Gustavo. Espero que os dois sejam um grande sucesso!

      Abraço

    Deixe uma resposta