Esse artigo é um Guest Post escrito pela Vanessa do Mundo Blogger. Se você gostou do artigo pode visitá-la no Mundo Blogger, na Blogosfera Legalizada, no Twitter ou no Facebook.

Muitos blogueiros acabam cometendo plágio, às vezes por desconhecimento ou ignorância, por acreditarem que ao copiar um conteúdo alheio, só pelo fato de tê-lo encontrado na internet, acham que tudo é livre, que é permitido, e que não haverá punições.

Mas não é bem assim que a coisa funciona, existe uma Lei que garante os direitos autorais.

Na internet existem regras, assim como existe em nosso cotidiano, e sei que muitas vezes, nós estamos passíveis a cometer certos erros por não saber o que podemos e não podemos fazer na web.

12 dicas para blogueiros evitar o plágio

1- Nunca, jamais utilizem o famoso “ctrl+c” e “ctrl+v” copiando na íntegra um post publicado em algum blog – Se você copia um texto na íntegra, mesmo que você coloque um link para a postagem original, vai caracterizar plágio, além de causar problemas para o seu blog e para o blog onde está o texto original.

keyboard

Ganhar dinheiro com blog

2- Credite sua fonte de “Inspiração” – Se você se “inspirar” em um algum post de um outro Blog, coloque um link para o blog ou, preferencialmente para a postagem original, referenciando a fonte de sua “inspiração”.

3- Verifique sempre a licença – Mesmo que sua intenção seja citar um conteúdo encontrado, antes de utilizá-lo no seu blog, verifique a licença, se há permissão de uso ou não. Se não houver permissão, não copie, não cite. Ou se preferir, entre em contato com o autor e manifeste o seu interesse em citar seu conteúdo e só o faça, se o mesmo permitir expressamente. E se na licença permitir o uso, lembre-se sempre de segui-la da forma que foi estipulada pelo autor.

4- Não faça HotLink – HotLink – é o ato de usar uma imagem original no seu blog, copiando o endereço da imagem e colando diretamente na sua postagem. Se você fizer HotLink , aumenta a carga na banda do site que a hospeda, e prejudica o autor original, pois a aquela pessoa paga um custo e ao fazer Hotlink você está roubando banda de outra pessoa.

5- Observe a permissão de uso das imagens encontradas na web – Nem todas as imagens disponíveis na web podem ser usadas livremente. É fundamental compreender que nem todas as imagens encontradas na internet são automaticamente de domínio público. O fato de estarem “disponíveis” muitas vezes acaba sendo confundidas como de domínio público. É sempre bom citar o autor da imagem e, quando não souber, informe o local que ela foi encontrada e deixe claro que a foto não é de sua autoria e que você desconhece o autor da mesma. Portanto, antes de utilizar imagens que você encontra na web, é importante verificar se ela possui uma licença ou não.

6- Dê os créditos de forma correta – É fundamental entender que a forma correta de dar os créditos para o autor original, é apontando um link para a postagem original onde você encontrou o texto, e não para a página inicial do blog (home).

7- Ao utilizar parte de um conteúdo, dê os créditos – Se você utilizar parte do conteúdo de um post publicado em outro blog, deixe claro que se trata de uma citação. Coloque o link para o artigo original.

8- Respeite os termos de uso dos templates – Não retire os créditos de autoria original dos templates disponíveis para uso. Se você baixou um template gratuito, e está utilizando-o no seu blog, nunca, jamais, retire os créditos de autoria da criação dele. Respeite os termos de uso e os direitos autorais aos quais pertencem a pessoa que criou o template. Se você fez modificações no template, adaptou ele para o seu blog, inclua o seu link ao lado do link que aponta para o autor original, mas nunca retire o link do autor para incluir o seu no lugar.

Ao retirar os créditos de autoria, caracteriza infração aos direitos autorais e o autor poderá recorrer aos meios cabíveis para ter seus direitos resgatados, e isso poderá lhe trazer consequência seríssimas. Isso vale também para os templates exclusivos, mesmo que você tenha pago pela confecção de um template exclusivo, não significa que você é o autor da obra.

9- Não assuma a autoria de um texto que não seja seu – Se você recebeu um texto ou até mesmo um poema, por email, no orkut, ou encontrou na web, mas você não sabe a autoria daquele texto, mas gostou tanto e quer publicá-lo no seu blog, você deve, no mínimo dizer que aquele texto não é seu, dizer o local onde ele foi encontrado (ou a forma que ele chegou até você e quem lhe enviou), e deixar um aviso no final da postagem informando a seus leitores que: “apesar de você não saber a autoria, caso alguém conheça o autor, que você gostaria que de ser informado(a) sobre a autoria, para que você possa incluir os devidos créditos ao autor”. Isto evita de lhe comprometer e sofrer a acusação por plágio.

10- Não disponibilize arquivos protegidos por direitos autorais – Importante salientar que, pirataria é crime, portanto, não incentive a pirataria, não infrinja o “copyright” de conteúdo licenciado, disponibilizando arquivos de terceiros no seu blog.

11- Se você tem a intenção de divulgar o trabalho de uma pessoa, publicando um artigo no seu blog, não copie o conteúdo todo do texto no seu blog dizendo para os seus leitores procurarem o referido blog – Faça citações, indique a leitura de determinados artigos, informe os serviços que ele(a) oferece, sem necessariamente copiar o conteúdo completo dos blogs dele(a).

12- Tome cuidado para não praticar ofensa moral a terceiros com divulgação de imagens – Alguns cuidados devem ser observados, principalmente por blogs de humor, pois a maioria acaba publicando e divulgando imagens de terceiros, que consideram “engraçadas”, e muitas vezes acabam por ferir a imagem moral e física de outras pessoas, expondo-as a situações constrangedoras.

Quando alguém é envolvido em uma situação de ridicularização de sua imagem e honra na internet, o dano acaba se tornando maior, visto que a exposição é global, pois quando publicado na Internet pode ser visto e acessado por qualquer pessoa em qualquer lugar. Por esta razão, na ocorrência de crimes, há aumento de pena, tendo em vista a dificuldade de se retirar totalmente o conteúdo da web.

E você, que dica tem para blogueiros não cometerem plágio? Deixe nos comentários.

Leiam também:

Crédito da imagem: http://www.sxc.hu/photo/913633

Gustavo Freitas

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

Participe da conversa

14 Comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Olá Gustavo eu estou adorando seus conteúdos!!!
    Só não comecei ainda porque estou estudando os seus ensinamentos e acredito
    que em breve estarei ótimo. Muito obrigado pelas dicas.
    Estou lendo bastante porque eu estou sem saber como escrever para divulgar
    mas eu chego lá.

  2. Boa tarde Gustavo! Estou conhecendo o seu trabalho agora e posso dizer que adorei, principalmente o seu artigo específico de hoje, que abrange dicas excelentes para que os blogueiros não comentam plágio.
    Um artigo muito completo que deveria ser leitura obrigatória para todos aqueles que querem “blogar” com ética e bom senso!
    Muito obrigada, muitas informações aqui eu não tinha conhecimento e agora me aprimorei ainda mais. Com a ajuda de todos, os plagiadores ficarão cada vez mais inibidos e evitarão essa prática que tanto prejudica a vida na blogosfera.
    Abraços e muito obrigada!

  3. Olá, Vanessa e Gustavo!

    O artigo ficou ótimo, bem completo. Em tempos em que o Google está cada vez mais duro com os plagiadores, é mesmo bom relembrar as regras para não infringir os direitos autorais.

    Um abraço e parabéns pelo artigo!

      1. Obrigada Adelson,
        é como o Gustavo citou: o objetivo é relembrar e tb tentar ensinar aos blogueiros iniciantes sobre a importância a resoeito desse assunto.

  4. Muito obrigado pelas dicas, foram muito úteis.
    E gostaria também de parabenizar a todos blogueiros que não cometem este ”crime”.
    Vamos melhorar esta blogosfera.
    Parabéns pelo post, e pelo artigo.
    Sucesso!

  5. Olá Vanessa !

    Esse é um artigo que todos deveriam ter como cartilha para poder blogar com seriedade sem prejudicar ninguém na blogosfera, principalmente os que estão iniciando agora e ainda não tem um conhecimento completo sobre o assunto.

    Parabéns pelo ótimo artigo.

    Abraço e sucesso sempre…