10 golpes no WhatsApp que você precisa conhecer

Você já deve ter visto alguém reclamar de algum tipo de golpe no WhatsApp. Por isso preparamos este artigo com 10 golpes no WhatsApp que você precisa conhecer para assim poder se prevenir contra futuros problemas no seu App.

É sempre bom estar atento ao que pode acontecer, se prevenir e ficar por dentro das informações nunca é demais. Caso este artigo lhe interessar, compartilhe com amigos e familiares para que os mesmos possam estar atentos aos mesmos golpes.


10 golpes no WhatsApp que você precisa conhecer

Por ser um aplicativo utilizado por boa parte dos brasileiros, é comum que criminosos queiram usufruir desse meio para passar a perna nas pessoas. Vamos então começar a listar os 10 golpes no WhatsApp que você precisa conhecer.

1 – Novas cores para o WhatsApp – 8 milhões de bloqueios

Já que é possível trocar o papel de parede das conversas, muitas pessoas acreditaram que também poderia existir a opção de mudar as cores de todo o aplicativo e, por isso, sem saber, abriram o link malicioso. Ao clicar no link, os usuários eram induzidos a baixar aplicativos suspeitos que poderiam contaminar seus celulares com vírus.

2 – Promoção de aniversário: recarga grátis – 2 milhões de bloqueios

Este golpe usava o aniversário do WhatsApp para divulgar uma falsa oferta de recarga grátis que induzia a fornecer dados pessoais. Em seguida, a vítima deveria compartilhar o anúncio com mais 10 contatos e assinar um serviço que cobrava, semanalmente, cerca de R$ 4,99, através de desconto no crédito ou da fatura do telefone.

3 – Pacotes de emojis

É impossível instalar pacotes adicionais de emojis no WhatsApp. Não existem emojis secretos. Novos emojis são disponibilizados apenas em atualizações do WhatsApp que são baixadas pela App Store, Play Store e Windows Store. Cuidado com os golpes desse tipo.

4 – Novos recursos

Isso é outro golpe muito comum no WhatsApp. Novamente, as atualizações do WhatsApp acontecem somente pelas lojas oficiais do sistema operacional do seu Smartphone. Não é possível instalar qualquer recurso manualmente.

5 – Mensagens com links

Fique esperto se você receber alguma mensagem com um link prometendo algo se você clicar nele. Na grande maioria das vezes é golpe e você pode ser cadastrado em serviços pagos e também ter dados pessoais contidos na memória do seu Smartphone roubados.

6 – Cupons de desconto

Essa é outra modalidade do mesmo golpe. Ela oferece cupons de desconto em redes de alimentação e nas mais diversas lojas caso o usuário preencha algum cadastro. Existe também uma variação do golpe com passagens aéreas de empresas como a LATAM, por exemplo.

7 – Mensagens de desconhecidos

Você recebeu a mensagem de um número que não conhece e nela contém algum link? Não clique! Muito provavelmente se trata de algum golpe que foi compartilhado usando técnicas de spam. É possível que seu número de telefone esteja cadastrado em alguma lista adquirida pelos criminosos.

8 – WhatsApp Gold

O golpe do WhatsApp Gold foi visto pela primeira vez em 2014, quando a mensagem que prometia mais funções ao se cadastrar em uma suposta versão Premium do mensageiro já fazia vítimas.

Assim, se você receber uma mensagem com o convite para atualizar o seu WhatsApp para a versão Gold, ignore na hora. E mesmo que você esteja consciente de que este tipo de mensagem é maliciosa, alerte outras pessoas, especialmente os seus contatos.

9 – Créditos para celulares pré-pagos

Usuários de celulares pré-pagos vem sendo enganados com a falsa promessa de crédito grátis para planos pré-pagos através de golpes no WhatsApp.

Mais de 25 mil pessoas caíram neste golpe ai clicar no link malicioso que chega em forma de mensagem no de um contato conhecido ou de algum grupo do WhatsApp convidando as pessoas a clicarem no anúncio da promoção, também conhecido por phishing.

O ataque possui até um vídeo no Youtube com o passo a passo da falsa promoção, pode expor ou roubar os dados dos usuários além de causar prejuízos financeiros, pois cadastra as vítimas em serviços de SMS pagos.

10 – Serviço de mensagens gratuito para PCs

Muito antes da versão web do WhatsApp estar disponível, o mensageiro foi inundado por promessas de uso do serviço via navegador. Na época, os pesquisadores do Laboratório de Pesquisa da ESET América Latina identificaram um novo golpe online voltado para usuários brasileiros.

Se tratava de um e-mail, supostamente enviado pela equipe do WhatsApp, que promete o uso do aplicativo de mensagens instantâneas para o PC. Mas na realidade, o objetivo era instalar um Trojan (Cavalo de Troia) na máquina dos usuários, para roubar informações bancárias pessoais.

Dicas para não cair em golpes do tipo

Primeiramente, se você tem crianças que costumam mexer no seu celular, tome bastante cuidado para eles não saírem clicando em qualquer coisa para evitar que caiam em golpes no WhatsApp mesmo sem saber o que isso significa.

Desconfiar sempre: Qualquer link que chegue de repente em um chat, mesmo que venha de um amigo, vale desconfiar e pesquisar no site oficial, ou página oficial da empresa no Facebook, para conferir se há mesmo uma promoção em andamento. Dificilmente uma empresa grande fará uma promoção somente pelo WhatsApp sem divulgá-la em canais oficiais.

Não saia clicando em tudo o que vê: Evite clicar em links e banners para acessar algum serviço. Prefira visitar o site manualmente, sem clicar em links recebidos nos mensageiros.

Cuidado com notificações: Hoje em dia, muitos sites oferecem notificações pelo navegador, abrindo uma janela para que você as autorize, ou não. Vale revisar nas configurações avançadas de seu browser todos os sites em que as notificações estão ativas, mantendo apenas aqueles verdadeiramente confiáveis.

Instale uma solução de segurança: Tanto no computador quanto no celular, usar um software de segurança irá bloquear o acesso a sites maliciosos, além de scripts que tentam alterar configurações em sua máquina ou roteador.

10 golpes no WhatsApp que você precisa conhecer
5 (100%) 1 vote

1 thought on “10 golpes no WhatsApp que você precisa conhecer”

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.