O que é uma Webquest e como utilizar na sala de aula

O que é Webquest? Como utilizar em sala de aula? Como auxiliar o processo de ensino-aprendizagem? Confira tudo no artigo.

Esse artigo foi publicado originalmente em 23 de outubro de 2012.

Desde que tive minha monografia de pós graduação aprovada tinha o projeto de publicar esse artigo, abordando Webquests, mas o tempo passou e agora finalmente consegui um tempo pra colocar o projeto em prática.

O que é uma Webquest?

Webquest é uma atividade investigativa, que se caracteriza pelo fato de que toda, ou pelo menos uma parte, da informação com a qual os alunos interagem vem da internet.

O conceito foi apresentado em 1995, por Bernie Dodge, professor da universidade estadual da Califórnia (EUA), no intuito de usar a internet de forma criativa.

webquests no ensino

Como funciona a Webquest

Numa webquest é proposto aos alunos a resolução de um problema. Para isso eles precisam pesquisar na internet, guiados por critérios e perguntas específicas, evitando assim a dispersão com distrações com jogos online e redes sociais. Essa ferramenta funciona melhor quando utilizada em grupos de alunos e desenvolve a capacidade de pesquisar assuntos na internet, de encontrar a informação que precisa e transformá-la em conhecimento para solucionar o problema proposto.

Problemas na implantação de uma Webquest

Como a webquest precisa estar disponível na internet, surge aqui um problema que talvez impeça a sua implementação na sala de aula, a falta de habilidade dos professores com programação e desenvolvimento web. Isso pode ser resolvido de duas maneiras simples:

  • Na primeira a escola contrata um desenvolvedor web que irá criar e manter as páginas das webquests sempre disponíveis.
  • Na segunda, os professores podem procurar por sites que disponibilizam espaço gratuito para criar webquests. Um desses sites é o webquestBrasil. Nele é possível criar e hospedar sua webquest gratuitamente, bastando apenas para isso realizar um cadastro.

Mendes (2009) relata a utilização de webquests no ensino de Geografia. Ela destaca como vantagem o enfoque diferenciado que a webquest dá a questão da pesquisa na internet, guiando os alunos por temas definidos e tarefas específicas, auxiliando-os na construção de seu conhecimento.

Esse enfoque diferenciado faz toda a diferença, pois os alunos são orientados e seguem um roteiro pré-definido, o que evita as distrações que a web oferece e ao mesmo tempo revela uma gama de informação que provavelmente o aluno não teria acesso na sala de aula, por vários fatores, entre eles desinteresse, tempo reduzido das aulas, falta de material didático, entre outros.

Aprendemos melhor com os outros

O trabalho com webquest baseia-se na convicção de que aprendemos mais e melhor com os outros do que sozinhos. Este tipo de trabalho, portanto, promove a aprendizagem cooperativa, colocando pessoas em contato com pessoas, estimulando o aluno a transformar ativamente a informação e incentivando a criatividade. Nele, professores e alunos podem observar melhor como ocorre a percepção da informação e os processos de apropriação, construção e aplicação do conhecimento”. (MENDES, 2009, p. 17).

Conclusão

A Webquest auxilia o aluno a focalizar a busca do conhecimento na internet, evitando caminhos que o levem a distrações ou até mesmo a informação de baixa qualidade e lhe mostrando como obter os melhores resultados numa busca por conhecimento direcionada pelo professor.

Outras informações sobre Webquests

Poderá também gostar de ler:

Esse artigo se baseia em um texto que produzi para a Monografia “Como a Web 2.0 pode revolucionar o processo de construção do profissional colaborativo no Ensino Superior” disponível no link abaixo.

Problogger, empreendedor digital e criador do Método Start. Você conhece todos os meus projetos no Gustavo Freitas.Net.

4 pensamentos sobre “O que é uma Webquest e como utilizar na sala de aula”

  1. Matheus disse:

    Olá Gustavo,

    Achei a ideia bastante interessante! Desta maneira o aprendizado tende a ficar muito mais “dinâmico”, pois os “livros” podem ser facilmente atualizados com conteúdos novos, e novos exemplos.

    Quem me dera se isso fosse aplicado nas faculdades, principalmente na área de computação, onde tudo muda em um piscar de olhos.

    Parabéns pelo artigo, baixei a sua monografia, e estou lendo.

    Abraço!

    1. Matheus,
      as webquests são muito interessantes mesmo, mas acredito que sua aplicação sempre é melhor para os níveis fundamentais, posso estar enganado, mas não acredito que surtiria efeito no nível superior ou médio.
      Acredito que existam outras ferramentas mais interessantes para o nível médio, como você mesmo poderá constatar na monografia.
      Abraço.

  2. Nli Batista disse:

    Esta modalidade de ensino juntamente com outras deveriam ser disponibizadas em um Programa de Formação Continuada para os Professores.
    Para que estes possam se atualizar e aprender a uilizar estas novas tecnologias, tornando assim as aulas mais agradáveis aos alunos já inseridos neste meio. Bom artigo e ideia bacana em disponibilizar a Monografia para download.

    1. Nil Batista,
      concordo com você, claro, é essencial ensinar os professores a utilizar a Tecnologia da Informação na Educação.
      Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

CommentLuv badge